You are currently browsing the monthly archive for julho 2011.

CORRIDA:Nem parecia Hungaroring-Em seu GP de numero 200,Button triunfou.Na largada,Vettel manteve-se na frente e Massa caía para sétimo.Na oitava volta,Massa tentava atacar Alonso,mas passa na linha branca e acaba rodando e perdendo várias posições.Nas primeiras quinze voltas,vários pilotos cometiam erros e davam escapadas.Depois da volta 15,a pista foi secando e os pilotos foram parando nos boxes.Na segunda parada de Heidfeld,alguma coisa aconteceu e seu carro pegou fogo.O curioso desse incidente foi que quando foram retirar o carro do alemão,eles arrastaram o carro na contramão na saída dos boxes,quanta burrice.

E volta 55,a chuva voltou,mas era apenas uma garoinha,não precisava botar nem pneus intermediarios.Mas não foi isso que Hamilton pensou,ele apostou na chuva e botou pneus intermediarios.Pronto,acho que foi aí que Button ganhou a corrida.Hamilton dá um erro e roda,e com muito tráfego ele voltou a pista,que doidice.Com toda essa doidice,Hamilton foi punido e perdeu todas as suas chances de vitória.

Button venceu com Vettel em segundo e Alonso em terceiro.Massa foi o sexto e Barrichello foi o décimo terceiro.

Destaque da corrida:O fato de chover em Hungaroring,coisa que só tinha acontecido em 2006(que eu me lembro né)aonde o mesmo Button ganhou com uma Honda.

Ponto morto da corrida:Vettel,brilhou apenas no treino e na corrida sucumbiu aos McLarens.

CAMPEONATO:

PILOTOS:

EQUIPES:

País Equipe Pos. Pontos
Áustria Red Bull Racing 383
Inglaterra McLaren 280
Itália Ferrari 215
Alemanha Mercedes 80
Inglaterra Lotus Renault 66
Suíça Sauber 35
Índia Force India 26
Itália Toro Rosso-STR 22
Inglaterra Williams 4
Malásia Lotus                10º   0           
Espanha Hispania-HRT     11º   0          
Rússia Marussia Virgin  12º   0          

Jenson Button

Button foi o vencedor aonde venceu sua primeira corrida

Heidfeld pulando do carro pegando fogo

 
 
Anúncios

Neste final de semana vai ter o GP da Hungria de 2011.Dois vídeos onboard para mostrar como é a pista.

Traçado de Hungaroring

Abaixo um vídeo onboard num Red Bull RB6 pilotado por Vettel no ano de 2010.
REPRODUCTOR DE VIDEO
Agora um vídeo de Heikki Kovalainen num McLaren MP4-23 no ano de 2008.

Lembram que um dia desses eu postei dois posts mostrando vídeos onboards de carros ruins desde 2006(, ).Pois agora vou fazer o oposto,vou botar o que tá escrito no título.

Abaixo um MP4-21 pilotado por Kimi Raikkonen no circuito de Indianapolis.
Agora um vídeo de um Ferrari 248 F1 pilotado por Michael Schumacher no circuito de Nurburgring.
Abaixo um vídeo de Fernando Alonso pilotando um Renault R26 no circuito de Montreal.
Abaixo um vídeo de um BMW Sauber F1.07 pilotado por Nick Heidfeld no circuito de Nurburgring Nordschleife.
Agora o McLaren MP4-22 pilotado por Fernando Alonso no circuito de Spa-Francorchamps.
Abaixo um Ferrari F2007 pilotado por Felipe Massa em Instambul.

Fim da primeira parte,amanhã a segunda parte.

Continuando com os carros da temporada de 2006,vamos agora com o Midland/Spyker M16.

Após a venda da tradicional equipe Jordan, em meados de 2005, um grupo chamado Midland agora comandava a equipe sob o novo nome de MF1 Racing. Para 2006, muitas coisas mudaram além dos novos donos do time, como exemplo as novas regras para motores, e tudo isto acaba por influenciar toda a concepção dos novos bólidos.

O M16, era o carro do time para a temporada, e muitos suspeitaram ser apenas uma mera evolução de seu antecessor, o Jordan EJ15B. Porém James Key, o diretor técnico do time, afirmava que o projeto era inteiramente novo. As novas regras acabaram por influenciar a construção dos novos carros, e com o M16 não foi diferente, por exemplo, neste modelo, podiam ser encontradas uma nova caixa de marchas, e uma suspensão traseira modificada.

A aerodinâmica também mudara em consequência das novas regras, e isto podia ser notado pela ênfase em downforce que a parte traseira do carro mostrava, além da tentativa das equipes em recuperar a velocidade que fora perdida em linha reta com os novos motores V8. O nariz do carro, o bico, fora a área onde era mais possível ver mudanças em termos de design no carro, o que mostra que o M16 foi realmente construído com a base de seu antecessor, apesar de ser na teoria um carro novo, e com certas mudanças. Um certo cuidado também fora depositado na questão da refrigeração do bólido, mais uma vez, por conta dos novos V8.

O novo carro também ganhou alguns updates ao longo da temporada, para assim melhorar e desenvolver mais o desempenho do M16, e um exemplo disto foi uma nova asa dianteira, que apresentava um design mais agressivo, e um tanto similar com a asa da BMW. As laterais também sofreram mudanças, pois a nova asa não possuía o mesmo apêndice aerodinâmico como na versão antiga.

Entretanto o carro, mesmo com estas mudanças e avanços não conseguiu ir muito além do que seu antecessor conseguiu. O M16 frequentava as últimas posições, e em termos de desempenho era fraco, somente capaz de superar a Super Aguri, e de talvez brigar com o Toro Rosso. E com este desempenho fraco, o time foi vendido e passou para outros donos ainda antes do final da temporada.

A MF1 agora era chamada de Spyker, ainda que tudo continuasse a mesma coisa, incluindo o desempenho, a pintura fora modificada. E assim terminava a jornada do M16 na F1, com um desempenho fraco e garantindo o status de equipe pequena para sua equipe, que agora estava focada na próxima temporada, e no desenvolvimento de um novo carro.

Dados:

Equipe: MF1 Racing

Designers: James Key
———————-
Dados técnicos:

Chassis: Monocoque moldado em fibra de carbono

Suspensão: Independente, operada por sistema push rod, molas de torção e amortecedores, barra estabilizadora, barra de torção(suspensões dianteira e traseira)

Motor: Toyota RVX-06, V8, 2.4 litros, 90° de inclinação, 95 kg de peso, aspirado naturalmente, montado longitudinalmente

Transmissão: Midland, 7 velocidades e uma marcha reversa, montado longitudinalmente, semi automática, sequencial

Combustível: Esso

Pneus: Bridgestone, com rodas BBS

Comrpimento total: 4610 mm

Altura total: 1000 mm

Largura total: 1800 mm

Distância entre eixos: 3000 mm
——————————-
Pilotos:
18 Tiago Monteiro

19 Christijan Albers
———————
Pontos: 0

Corridas: 18

Vitórias: 0

Poles: 0

Voltas mais rápidas: 0

Classificação no Mundial de Construtores: 10° lugar

MIDLAND M16 ONBOARD

SPYKER M16 ONBOARD

 
New category,revivendo as últimas temporadas desde 2006.

A temporada de 2006 foi marcada por mudanças e novidades, e uma dessas era a equipe estreante Super Aguri. Fundada e liderada pelo ex-piloto Aguri Suzuki, o time japonês era pequeno, o suficiente para não completar seu próprio primeiro carro para a temporada. Mas havia uma solução. Suzuki comprou o que sobrara da extinta equipe Arrows, e usou o carro A23 como base, em uma versão modificada para seu carro de 2006.

Na realidade, era de fato o mesmo Arrows A23, o carro que estreou a tecnologia da suspensão dianteira twin keel, porém com devidas mudanças na aerodinâmica para se adequar as regras da temporada de 2006 e também quanto a questão dos motores, que eram os V8, e não os V10 originalmente usados no A23. As mudanças para a temporada de 2006 também estavam presentes no SA05. O motor Honda era no geral um bom motor, porém a Honda ainda teve que lidar com problemas de confiabilidade ao longo da primeira metade do campeonato.

As laterais do bólido sofreram mudanças, pois eram menores e também mais eficientes, porém este e outros updates não foram suficientes para fazer o SA05 um carro tão veloz como seus rivais, e o bólido amargava as últimas posições dos grids, assim como na maioria das corridas.

                                                                            SA06

Entretanto, o time nipônico e estreante conseguiu se firmar e aumentar seu staff, sempre contando com suporte da Honda,e estava preparando um novo carro, o SA06, para ser estreado no GP da Alemanha. O “novo” SA06, nada mais era que o mesmo SA05 baseado no Arrows A23, porém com mais alterações aerodinâmicas, principalmente localizadas na traseira do carro. Porém havia algumas coisas que não mudaram, como a suspensão twin keel, que permaneceu intocada. O SA06 vinha também com uma nova caixa de marchas, melhorada para se obter um melhor desempenho. Vale notar também uma mudança na pintura com a estreia do novo SA06, onde agora o vermelho ocupava mais espaço no carro.

Com todos os updates do SA06, a Super Aguri até que melhorou seu desempenho no geral, mas o time de Aguri Suzuki não conseguiu muito além do que as mesma últimas posições nas corridas, e assim o time terminou sua primeira temporada na F1, com um carro fraco, assim como sua estrutura, e com a esperança de um futuro melhor, tendo como seu melhor resultado um 10° lugar obtido pelo pirncipal piloto, o japonês Takuma Sato.

Um fato interessante sobre o carro, foi que durante o GP de San Marino, o estreante Yuji Ide conseguiu realizar a grande façanha de capotar a Midland de Christijan Albers. O novato não andava tão rapidamente como seu companheiro de equipe, e após o incidente citado, perdeu sua Super Licença, e logo foi substituído pelo francês Franck Montagny, este, que logo também perdera seu lugar mais tarde para o nipônico Sakon Yamamoto.

 
 

Acidente de Ide com Albers:

Dados:
 
Equipe: Super Aguri
 
Designers: Mark Preston, Mike Coughlan
———————-
Dados técnicos:
 
Chassis: Monocoque moldado em fibra de carbono
 
Suspensão: Independente, operado por sistema push rod, barras de torção, amortecedores e barra estabilizadora mecânica (suspensões dianteira e traseira)
 
Motor: Honda RA806-E, V8, 2.4 litros, aspirado naturalmente, montado longitudinalmente, 90° de inclinação, 95 kg de peso, limitado a 19.000 RPM, 4 válvulas por cilindro, mais de 700 hp de potência
 
Transmissão: Arrows, 7 velocidades e uma marcha reversa (marcha ré), montada longitudinalmente, semi automática, sequencial (SA05)
 
Super Aguri, 7 velocidades e uma marcha reversa (marcha ré), eletro hidráulica, caixa de marchas feita de alumínio, sequencial, semi automática  (SA06)
 
Pneus: Bridgestone, com rodas BBS
 
Combustível: Elf
 
Entre eixos: 3100 mm
 
Largura total: 4666
 
Altura total: 950 mm
 
Largura total: 1800 mm
 
Peso: 600 kg, incluindo piloto e fluídos
—————————————
Pilotos:
22 Takuma Sato

23 Yuji Ide

23 Franck Montagny (substituindo Ide após o GP de San Marino)

23 Sakon Yamamoto (substituindo Montagny após o GP da França)
———————————————————————-
Pontos: 0

Corridas: 11 (SA05), 7 (SA06)

Vitórias: 0

Poles: 0

Voltas mais rápidas: 0

Posição no Mundial de Construtores: Posição 11

SA05 ONBOARD

SA06 ONBOARD

2007 foi realmente um ano foda para a Super Aguri.No Canadá,veio a redenção.Numa corrida marcada pelo acidente de Robert Kubica.A 4 to go.Takuma Sato estava voando baixo na pista.Vinha se aproximando rapidamente de Ralf Schumacher.Na última reta do circuito,ele deu um pulo do gato e na ultima curva,PEMBA!!!!.A ultrapassagem rolou.Até ali já estava bom demais para o japinha.Mas Fernando Alonso que estava na frente de Sato,estava com problema nos freios,então seu engenheiro falou pelo rádio: “Fernando esta mais lerdo que você,pisa fundo e na brasa que você pode passar o espanyol” .E ele obedeceu.Sato chegou rapidamente nele.E na última curva do circuito,PEMBA!!!!!.A ultrapassagem rolou… de novo.Festa total dos dois únicos japinhas na arquibancada de Montreal.Festa tambem da equipe Super Aguri. 
Corrida acabada.E Sato vai pra galera.Festa total dos japinhas e de Anthony Davidson na Super Aguri.Aquela ultrapassagem foi o ponto alto da Super Aguri.

Acima um vídeo da ultrapassagem de Sato sobre R.Schumacher e F.Alonso,e da festa da Super Aguri.

 
 

E acima um vídeo da ultrapassagem do Sato sobre Alonso só que com narrações americanas,espanholas,japônesas e etc.

Para ler a primeira parte clique ali ->O oval de Walt Disney-Parte 1

Depois de 96,os vencedores da etapa do Walt Disney Speedway usavam apenas um tal de motor Aurora.Em 97 foi Eddie Cheever Jr. que levou a melhor.Em 98,Tony Stewart venceu.Em 99,Eddie Cheever Jr. triunfou de novo.

Em 2000,foi o último ano em que a Indy passou por lá.O vencedor foi Robbie Buhl,mas a corrida foi marcada pelo grave acidente de Sam Schmidt.Sam ficou paraplégico.

E a Indy sacou a etapa do Walt Disney World Speedway do calendário por considera-lo muito perigoso.

A pista ainda sediou etapas da NASCAR Craftsman Truck Series,da USAC Formula Ford 2000 e a USAC Silver Crown Series.

Ao longo de sua história,o Walt Disney World Speedway acumulou quatro batidas graves.Duas com Eliseo Salazar,uma com Davy Jones e a mais grave com Sam Schmidt.

TRAÇADO

Disneyworld map.gif

CURVA 1-A primeira curva,a mais lenta do circuito.Como já disse na primeira parte,as curvas do circuito são todas diferentes.Essa curva é no maior estilo Phoenix.

CURVA 2-Curva de alta,talvez a mais rápida do circuito.Depois dessa curva vem uma pequena reta que dá na última curva.

CURVA 3-Última curva do circuito.Ela dá na última reta que dá na linha de chegada.E depois disso começa tudo de novo.

Hoje o circuito abiga apenas alguns testes de categorias como a Truck Series e ARCA.Criaram tambem o Richard Petty Driving Experience que dá a chance de uma pessoa qualquer dar uma volta num NASCAR de dois lugares sendo pilotada por um piloto experiente.

Acima um vídeo onboard de um piloto da IRL dando duas voltas durante a etapa do Walt Disney World Speedway.

Sábado,estava olhando o blog Bandeira Verde,era um censo onde botavamos as pistas que mais odiamos e adoramos.E um cara chamado Gustavo Lovatto falou que o Walt Disney World Speedway era uma bosta.Decidi fazer uma pesquisa sobre essa pista e quando a conheci melhor,adorei.E postei um comentário naquele post discordando do pitaco dele.

Em 1995,a construção do Walt Disney World Speedway começou a ser iniciada.O circuito ia ser um tri-oval de uma milha desenhado pelo chefe de projetos do Indianapolis Motor Speedway,Kevin Forbes.

E em janeiro de 1996,o Walt Disney Speedway foi inaugurado com a realização das 200 Milhas da Walt Disney World.O vencedor foi Buzz Calkins com Tony Stewart em segundo,e Robbie Buhl em terceiro.

Sem tempo,amanhã a segunda parte.

Foto: Marcos Ribolli

CORRIDA:Adorei!-A corrida foi ótima cheia de ultrapassagens e disputas e nem precisou de chuva para acontecer tudo isso.Na largada,Hamilton pulou na frente com Webber em segundo.Massa tentou um pulo pra terceira posição só que acabou sendo fechado por Vettel e acabou em sexto após a primeira curva.Di Resta e Heidfeld acabam se tocando e indo lá pro fundão.Um tempo depois e Heidfeld tenta a ultrapassagem sobre Buemi,só que Heidfeld acabou pisando na grama e dando um toque no Buemi.O interessante desse acidente foi que Heidfeld reclamou de Buemi quando o carro estava pulando sobre a brita.

Massa ficou preso atrás de Rosberg por um bom tempo até que conseguiu,mas aquela altura ele já estava muito longe dos líderes.Antes mesmo de Massa passar Rosberg,Vettel estava rodando na última chicane,o que fez com que Massa e Rosberg chegassem no alemão.Demora Vettel abre um segundo para Massa.

Hamilton acaba cometendo um erro quando liderava e Webber passa o britânico,mas Hamilton não deixa Webber escapar e dá o troco.Durante essa briga,Alonso chega de vez nos dois líderes.Barrichello abandona com problema no motor.

Massa resolve atacar Vettel até que consegue a ultrapassagem.Na volta 31,Chandok que estava fazendo sua reestréia na F1,acaba rodando sozinho e indo parar na brita,mas ele não desiste e acelera fundo para voltar para a pista.

Rosberg,Petrov e Schumacher(não é o Ralf e sim o Michael) brigam por posições e Petrov acaba levando a ultrapassagem dos pilotos da Mercedes.Schumacher ainda tenta passar Rosberg só que este acaba fechando a porta para Schummy.

Um tempo depois e Schumacher acaba rodando sozinho e perde várias posições.Massa e Vettel começam a brigar pela quarta posição e Liuzzi e Button abandonam a prova.

Hamilton contuava a liderar até o final para não largar mais.Hamilton tinha vencido o GP da Alemanha de 2011.Alonso foi o segundo e Webber foi o terceiro.

Massa e Vettel continuavam a brigar pela posição de número 4.Os dois vão parar na última volta.Quem sair primeiro do boxes fica com a quarta posição.E um problema nos boxes de Massa faz com que Vettel fique em quarto.

Outro fato interessante.O carro de Alonso estava ficando sem combustivel e pede para Webber lhe dar uma carona.Num ato de fair play,Webber espera Alonso sair do carro e leva o espanhol até os boxes.

DESTAQUE DA CORRIDA:Briga entre Massa e Vettel pela quarta posição.

PONTO MORTO DA CORRIDA:Quase não teve,acho até que não teve.

CAMPEONATO:

PILOTOS:

País Piloto Pos. Pontos
Alemanha Sebastian Vettel 216
Austrália Mark Webber 139
Inglaterra Lewis Hamilton 134
Espanha Fernando Alonso 130
Inglaterra Jenson Button 109
Brasil Felipe Massa 62
Alemanha Nico Rosberg 46
Alemanha Nick Heidfeld 34
Rússia Vitaly Petrov 32
Alemanha Michael Schumacher 10º 32
Japão Kamui Kobayashi 11º 27
Alemanha Adrian Sutil 12º 18
Espanha Jaime Alguersuari 13º 9
México Sergio Pérez 14º 8
Suíça Sébastien Buemi 15º 8
Brasil Rubens Barrichello 16º 4
Escócia Paul di Resta 17º 2
Venezuela Pastor Maldonado 18º 0
Itália Jarno Trulli 19º 0
Alemanha Timo Glock 20º 0
Austrália Daniel Ricciardo 21º 0
Índia Narain Karthikeyan 22º 0
Bélgica Jérome D’Ambrosio 23º 0
Finlândia Heikki Kovalainen 24º 0
Índia Karun Chandhok 25º 0
Itália Vitantonio Liuzzi 26º 0
Espanha Pedro de la Rosa 27º 0

EQUIPES:

País Equipe Pos. Pontos
Áustria Red Bull Racing 355
Inglaterra McLaren 243
Itália Ferrari 192
Alemanha Mercedes 78
Inglaterra Lotus Renault 66
Suíça Sauber 35
Índia Force India 20
Itália Toro Rosso 17
Inglaterra Williams 4
Malásia Lotus                10    0           
Espanha Hispania            11    0           
Rússia Marussia Virgin  12º   0           

Patrik Stollarz/AFP

Feliz da vida,Hamilton ficou no pódio

2011 German Formula 1 Grand Prix

Buemi-Não foi culpa minha,não!

Heidfeld-Filho da puta,claro que a culpa foi sua!

Alonso-Valeu pela carona,Webber.

Webber-De nada.Quando quiser carona é só levantar o polegar.

Carro-Para o alto e avante!

Heidfeld-Porra Buemi!!!!

Buemi-Olha,um batmovel voador!

 
 
 

O primeiro vídeo é do acidente do Heidfeld.O segundo vídeo é da carona de Alonso com Webber.O terceiro vídeo é da camêra atropelada por Heidfeld no momento do acidente dele.O quarto é de Vettel no momento da ultrapassagem sobre Massa na última volta.

Nova categoria.Cada circuito sendo descrito com dois vídeos onboard.O primeiro:Nurburgring.
Circuito de Nurburgring que é utilizado pela Formula 1
Quem tá pilotando é Rubens Barrichello com um Brawn GP BGP001 no ano de 2009.
Agora um vídeo onboard de Kimi Raikkonen num Ferrari F2007 e com comentários do próprio Kimi.

Tuíter

Erro: o Twitter não respondeu. Por favor, aguarde alguns minutos e atualize esta página.

Calendário

julho 2011
D S T Q Q S S
« jun   ago »
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31  

Enter your email address to subscribe to this blog and receive notifications of new posts by email.

Junte-se a 19 outros seguidores