You are currently browsing the monthly archive for setembro 2011.

Continuando a série sobre os carros de 2007(não são os de 2006),agora com o Super Aguri SA07.

O segundo carro do time B da Honda, foi também o mais bem sucedido da equipe. O carro causou certa polêmica, assim como o caso da Red Bull e da Toro Rosso, mas um tanto diferente. Algumas equipes alegavam que o SA07 nada mais era o Honda RA106, carro que a Honda utilizara no ano anterior, porém modificado para obter melhores resultados.

A FIA considerou o carro, e assim mesmo a Super Aguri correu. Apesar de ser na base, um RA106, o SA07 apresentava mudanças aerodinâmicas em relação ao Honda de 2006.  O carro se mostrou muito superior em desempenho ao seu antecessor. Pilotados pelo experiente japonês Takuma Sato, e o inglês Anthony Davidson, o carro apesar de toda a melhora, frequentava as últimas posições do grid, disputando posições com a Spyker, a Honda e a STR, ainda que mais atrás que estes times citados.

Sato marcou os primeiros e heróicos pontos da Aguri no Gp da Espanha, chegando num merecido 8° lugar. Duas corridas após este fato, o mesmo Sato chegava em um belíssimo 6° lugar, neste Gp chegando até a ultrapassar o bi-campeão Fernando Alonso de McLaren. Ao fim do glorioso ano para a Super Aguri, o time somava 4 pontos, sua melhor colocação nos Construtores em todas as temporadas na qual competiu.

Dados:

Equipe: Super Aguri F1

Designers: Peter McCool
————————–
Dados técnicos:

Chassis: Monocoque moldado em fibra de carbono

Suspensão: Feita de fibra de carbono e alumínio, molas de torção, sistema push rod, independente (suspensões dianteira e traseira)

Motor: Honda RA807-E, V8, aspirado naturalmente, montado logitudinalmente

Transmissão: Super Aguri, 7 velocidades e uma marcha reversa (marcha ré), eletro-hidráulica, sequencial semi automática

Pneus: Bridgestone
——————-
Pilotos:
22 Takuma Sato

23Anthony Davidson
———————-
Pontos: 4

Corridas: 17

Vitórias: 0

Poles: 0

Voltas mais rápidas: 0

Posição no Mundial de Construtores: 9° lugar

Anúncios

Continuando a série sobre a temporada de 2008.O GP da Austrália de 2008!

No grid,Hamilton ia largar na frente.Kubica ia largar em segundo e Kovalainen largaria em terceiro.Glock receberia uma punição com uma perda de dez posições,cinco por troca de câmbio e cinco por atrapalhar Webber,largando na posição 19.Surpresas negativas para Raikkonen e Piquet.Massa iria largar na posição 4 e Barrichello largaria na posição 10.

Na largada,Massa larga mal,roda e bate no muro ao tentar passar Kovalainen.Na volta 30,Massa abandona com problemas mecânicos.Na primeira volta,Vettel,Fisichella e Davidson batem.Na segunda volta,Button e Webber batem.Na volta 8,Sutil abandona  com problemas hidráulicos.Trulli abandona na volta 19 e Coulthard bate na volta 25.

Vários pilotos abandonaram na corrida.Piquet abandona na volta 30 com um clutch.Sato abandona na volta 32 com problemas de transmissão.

glock

Glock batendo em Melbourne

Hamilton ainda liderava a corrida naquela altura.Glock se acidenta na volta 43 e Kubica bate na volta 47.E ainda não acabou os acidentes de Albert Park.Com todos os brasileiros abandonando,os tupiniquins tinham que torcer para o Rubinho com seu precário Honda,Rubinho o levava pela sexta posição.Raikkonen e Bourdais abandonam nas voltas 54 e 55 respectivamente,ambos abandonaram com problemas de motor.

Bourdais fazendo uma boa corrida em quarto,mas o motor Ferrari não tinha aguentado o tranco.No final da corrida,apenas 7 carros tinham sobrevivido na corrida.Eram Hamilton,Heidfeld,Rosberg,Alonso,Kovalainen,Barrichello e Nakajima.Mas Barrichello acaba desclassificado por ignorar a luz vermelha na saída dos boxes.

No final,Hamilton venceu a corrida com Heidfeld em segundo e Rosberg em terceiro.

Pódio de Albert Park

Resultado final

POSIÇÃO – PILOTO EQUIPE TEMPO PONTOS
1 Lewis Hamilton McLaren 1:34:50.616 10
2 Nick Heidfeld BMW a 05.478 s 8
3 Nico Rosberg Williams a 08.163 s 6
4 Fernando Alonso Renault a 17.181 s 5
5 Heikki Kovalainen McLaren a 18.014 s 4
6 Kazuki Nakajima Williams a 1 voltas 3
7 Sebastien Bourdais Toro Rosso a 3 voltas 2
8 Kimi Räikkönen Ferrari a 5 voltas 1
9 Robert Kubica BMW a 11 voltas
10 Timo Glock Toyota a 15 voltas
11 Takuma Sato Super Aguri a 26 voltas
12 Nelson Ângelo Piquet Renault a 28 voltas
13 Felipe Massa Ferrari a 29 voltas
14 David Coulthard Red Bull a 36 voltas
15 Jarno Trulli Toyota a 39 voltas
16 Adrian Sutil Force India a 50 voltas
17 Mark Webber Red Bull a 56 voltas
18 Jenson Button Honda a 57 voltas
19 Anthony Davidson Super Aguri a 57 voltas
20 Sebastian Vettel Toro Rosso a 58 voltas
21 Giancarlo Fisichella Force India a 58 voltas
22 Rubens Barrichello Honda Desclassificado

Clima-Sol forte

Volta mais rápida-Heikki Kovalainen-1.27.418

Lideraram-Lewis Hamilton-50 voltas lideradas.Heikki Kovalainen-8 voltas lideradas.

Classificação:

Pilotos:

Pos Piloto                                 Pts

1       Lewis Hamilton         10

2      Nick Heidfeld               8

3      Nico Rosberg                6

4      Fernando Alonso      5

5      Heikki Kovalainen   4

Equipes:

Pos  Equipe                              Pts

1         McLaren                         14

2        Williams                          9

3        BMW Sauber                 8

4        Renault                             5

5        Toro Rosso                     2

Um dos momentos mais marcantes de 2010 foi a ultrapassagem sensacional de Rubens Barrichello em Michael Schumacher no GP da Hungria de 2010.Rubinho chegou colado na curva 16 em Schumacher,pegou o vácuo,botou de lado,Schumacher tentou assusta-lo,mas Barrichello usou a saída dos boxes para conseguir uma ultrapassagem sensacional.Para dar uma lavada na alma de Rubens.
 

O carro construído pela equipe estrante na temporada de 2007, foi mais um dos que frequentava as últimas posições. Muitos já esperavam tal resultado, a Spyker substituia a MF1, e trocara os motores Toyota pelos Ferrari. Mesmo assim, com os confiáveis motores italianos, a equipe não conseguiu bons resultados, o que mostrava que o carro era de fato ruim no geral.

Na primeira metade do campeonato, o carro não conseguia melhores resultados do que posições intermediárias, nunca chegando nos dez primeiros. O F8-VII brigava diretamente com o Super Aguri SA07, e o Honda RA107 como os carros mais fracos da temporada. Sendo que a partir da 13° corrida, no Gp de Monza na Itália, a Spyker corria com o F8-VIIB, ou seja, uma versão melhorada do carro inicial. Dois GPs após a estreia do “novo” carro, a Spyker marcava seu primeiro e único ponto na F1, com o estreante alemão Adrian Sutil, no caótico GP do Japão, em uma das corridas com mais chuva em toda a história da F1.

Um fato interessante, foi quando no GP da Europa Markus Winkelhock liderou uma volta da corrida, surpreendendo a todos, após ter trocado os pneus para chuva antes do pelotão da frente. Ao fim da temporada, a equipe holandesa se despedia da F1, pois foi anunciado na época que a equipe seria vendida para um novo proprietário.


Dados:Equipe: Spyker F1

Designers: John McQuilliam (Chefe de design/ diretor técnico)
————————————————————–
Dados técnicos:

Chassis: Monocoque moldado em fibra de carbono

Suspensão: Feita de fibra de carbono e alumínio, molas de torção, sistema push rod ativado, independente (suspensões dianteira e traseira)
Motor: Ferrari 056H, 2.4 litros, V8, aspirado naturalmente, montado logitudinalmente
Transmissão: Spyker, 7 velocidades e uma marcha reversa (marcha ré), logitudinal, eletro-hidráulica, sequencial

Pneus: Bridgestone
——————-

Pilotos:
Adrian Sutil
Christijan Albers
Markus Winkelhock (substituindo Albers no GP da Europa)
Sakon Yamamoto (Substituindo Winkelhock até o fim da temporada)
———————————————————————-
Pontos: 1
Corridas: 17
Vitórias: 0
Poles: 0
Voltas mais rápidas: 0

Posição no Mundial de Construtores: 10° lugar

CORRIDA:Na largada,Vettel pula na frente e Hamilton perde algumas posições.Vettel parecia passear em Cingapura.Algum tempo depois da largada,B.Senna toca em alguém e acaba com uma asa quebrada.No começo de prova,Vettel fazia voltas 1 segundo mais rápida do que Button que era o segundo colocado.

Todos fazem suas paradas e Massa e Hamilton voltam colados um no outro.Numa tentativa de ultrapassagem,Hamilton acaba tocando em Massa.Resultado:Hamilton quebra a asa e recebe uma punição,e Massa recebeu um pneu furado.Na metade da corrida,Perez e Rosberg ficam disputando por posições e acabam se tocando na curva 1.Schumacher estava atrás daquela disputa e Perez acaba ficando lento na frente dele.Schumacher tenta a ultrapassagem,mas não consegue e num erro bobo,acaba batendo na traseira de Perez,voando e batendo na barreira de pneus.Safety-Car na pista.

Na relargada,Vettel abre grotescos 9 segundo para o segundo colocado.Trulli abandona com problemas no motor.Lá atrás,Hamilton fazia uma ótima corrida de recuperação e sem detonar ninguém.No final,Button tenta chegar em Vettel.Button chegou a tirar 3 segundos numa só volta,mas Barrichello e Maldonado acabaram atrapalhando Button,fazendo com que o filho de John Button jogasse a toalha.Alguersuari erra a freada e acaba batendo no setor 3.Como Alguersuari tinha batido em um trecho de baixa velocidade,era só preciso uma bandeira amarela para dar um jeito naquilo.

Vettel venceu o GP de Cingapura de 2011.Vettel precisa de apenas um ponto para se sagrar bicampeão ainda em Suzuka.

CLASSIFICAÇÃO FINAL DA CORRIDA:

Posição Piloto Equipe Tempo
Sebastian Vettel Red Bull 1h59min06s537
Jenson Button McLaren a 1s737
Mark Webber Red Bull a 29s279
Fernando Alonso Ferrari a 55s449
Lewis Hamilton McLaren a 1min07s766
Paul di Resta Force India a 1min51s067
Nico Rosberg Mercedes a 1 volta
Adrian Sutil Force India a 1 volta
Felipe Massa Ferrari a 1 volta
10º Sergio Perez Sauber a 1 volta
11º Pastor Maldonado Williams a 1 volta
12º Sébastien Buemi Toro Rosso a 1 volta
13º Rubens Barrichello Williams a 1 volta
14º Kamui Kobayashi Sauber a 2 voltas
15º Bruno Senna Renault a 2 voltas
16º Heikki Kovalainen Lotus a 2 voltas
17º Vitaly Petrov Renault a 2 voltas
18º Jerome D Ambrosio Virgin a 2 voltas
19º Daniel Ricciardo Hispania a 4 voltas
20º Vitantonio Liuzzi Hispania a 4 voltas
21º Jaime Alguersuari Toro Rosso Não terminou
22º Jarno Trulli Lotus Não terminou
23º Michael Schumacher Mercedes Não terminou
24º Timo Glock Virgin Não terminou

Destaque da corrida:Sebastian Vettel simplesmente passeou em Cingapura,dormiu no final,mas apareceu um retardatário para atrapalhar Button e ajudar o futuro bicampeão Vettel.

Ponto morto da corrida:Bruno Senna não apareceu o fim de semana todinho,mas conseguiu ficar a frente de Petrov.Bom sinal na disputa interna da equipe.

CLASSIFICAÇÃO DO CAMPEONATO:

PILOTOS:

País Piloto Pos. Pontos
Alemanha Sebastian Vettel 309
Inglaterra Jenson Button 185
Espanha Fernando Alonso 184
Austrália Mark Webber 182
Inglaterra Lewis Hamilton 168
Brasil Felipe Massa 84
Alemanha Nico Rosberg 62
Alemanha Michael Schumacher 52
Alemanha Nick Heidfeld 34
Rússia Vitaly Petrov 10º 34
Alemanha Adrian Sutil 11º 28
Japão Kamui Kobayashi 12º 27
Escócia Paul di Resta 13º 20
Espanha Jaime Alguersuari 14º 16
Suíça Sébastien Buemi 15º 13
México Sergio Pérez 16º 9
Brasil Rubens Barrichello 17º 4
Brasil Bruno Senna 18º 2
Venezuela Pastor Maldonado 19º 1
Austrália Daniel Ricciardo 20º 0
Finlândia Heikki Kovalainen 21º 0
Índia Narain Karthikeyan 22º 0
Alemanha Timo Glock 23º 0
Espanha Pedro de la Rosa 24º 0
Índia Karun Chandhok 25º 0
Itália Jarno Trulli 26º 0
Itália Vitantonio Liuzzi 27º 0
Bélgica Jérome D’Ambrosio 28º 0

EQUIPES:

País Equipe Pos. Pontos
Áustria Red Bull Racing 491
Inglaterra McLaren 353
Itália Ferrari 268
Alemanha Mercedes 114
Inglaterra Lotus Renault 70
Índia Force India 48
Suíça Sauber 36
Itália Toro Rosso 29
Inglaterra Williams 5
Malásia Lotus                10º   0           
Espanha Hispania            11º   0          
Rússia Marussia Virgin  12º   0          

Vettel (centro) vence em Cingapura, mas Button frustra título antecipado

Um pontinho separa Vettel do bicampeonato

Ricciardo foi uma das vitímas dos guard-rails de Cingapura

 
Na largada,Vettel se manteu na ponta
 
Toque de Hamilton em Massa acabou com a corrida do brasileiro
 

 
Carro de Schumacher sendo retirado da pista.Alemão errou ao tentar ultrapassar Perez e acabou batendo
 

Estou terminando de falar dos carros de 2006,mas não esquentem.Ainda vou falar dos carros de 2007 na próxima.

Com as mudanças do regulamento para a temporada de 2006, a Renault mais uma vez conseguiu montar um carro vencedor, o R26. A primeira vista, quem compara os modelos de 2005 e 2006 da Renault, pode dizer que são pequenas as diferenças, mas a verdade, é que as mudanças foram boas o suficiente para garantir o segundo campeonato de Fernando Alonso.

Os motores deixavam de ser os potentes V10, para os V8. A Renault conseguiu utilizar esta modificação, para melhorar o desempenho do carro. Um exemplo, é que o V8 precisa de menos ventilação para se manter em uma temperatura boa, e sendo assim, as entradas de ar diminuíram, assim como os radiadores. A caixa de câmbio agora era feita de titânio, e tinha 7 velocidades. Porém algumas coisas foram mantidas, como a suspensão, que possuía um bom desempenho mecânico, tanto como aerodinâmico.

O R26 mostrou-se muito confiável durante toda a temporada, terminando todas as corridas com Alonso na temporada. Disputando com seu maior rival, a Ferrari 248 F1, o bólido sempre frequentava as primeiras posições, e sempre era cotado como o favorito para as corridas do campeonato. Ao final do ano, a Renault somava mais um título de Contrutores, e mais um Mundial de Pilotos, pelas mãos do espanhol Alonso.

Dados:

Equipe: Renault F1

Designers: Bob Bell
                Tim Densham
————————-
Dados técnicos:

Chassis: Monocoque moldado em fibra de carbono

Suspensão: Feita de fibra de carbono e alumínio, sistema pushrod ativado, independente (suspensões dianteira e traseira)

Motor: Renault RS26, 2.4 litros, montado longitudinalmente, aspirado naturalmente, 90° de inclinação. 95 kg de peso.

Transmissão: Caixa de marchas feita de titânio, montado logitudinalmente, 7 velocidades e uma marcha reversa. Sequencial, semi automática

Combustível: Elf

Pneus: Michelin
—————-
Pilotos:
1 Fernando Alonso

2 Giancarlo Fisichella
———————-
Pontos: 206

Corridas: 18

Vitórias: 8

Poles: 7

Voltas mais rápidas: 5

Posição no Mundial de Construtores: 1° lugar

Nesse fim de semana teremos o GP de Cingapura de F1.Veja algumas curiosidades sobre isso.

-O piloto que mais venceu o GP de Cingapura foi Fernando Alonso.Alonso venceu as etapas de 2008 e 2010.

-O GP de Cingapura já havia sido realizado antes da F1.O GP de Cingapura era realizado no circuito de Thomson Road.

-O GP de Cingapura foi o primeiro GP da história da F1 que foi realizado à noite.

-Nos GPs de Cingapura que não valiam pelo campeonato de F1,o neozelandês Graeme Lawrence foi maior vencedor com 3 vitórias em 1969,1970 e 1971.

-Pilotos de Cingapura já venceram o antigo GP de Cingapura.Os cingapurianos Lee Han Seng e Rodney Seow venceram as etapas de 1966 e 1967.

-Além de Alonso,Hamilton também já venceu o GP de Cingapura de F1.

-A melhor volta já realizada numa corrida foi feita por Kimi Raikkonen com uma volta de 1.45.599.

-A melhor volta já feita por um pole-position foi feita por Felipe Massa com um tempo de 1.44.801.

Abaixo uma volta onboard de Mark Webber com um Red Bull RB6 no circuito urbano de Marina Bay.

Talvez a temporada de 2008 de F1 foi a mais emocionante da história.Sem assunto eu vou fazer uma série falando sobre a temporada inteirinha.Hoje vamos ver as equipes de 2008.

SCUDERIA FERRARI MARLBORO

A equipe italiana vinha de um ano de 2007 muito bom.A equipe tinha em mãos um Ferrari F2008,Kimi Raikkonen e Felipe Massa.O carro era bom e bonito,todo vermelho e com uns códigos de barra.Raikkonen ficou com o título de 2007 e Massa ficou apenas em quarto em 2007.

BMW SAUBER F1 TEAM

A BMW Sauber foi uma das surpresas de 2007 com pilotos ótimos como Kubica e Heidfeld.O carro era em si ótimo.O BMW Sauber F1.08 era uma obra de arte.Rápido,elegante e bonito.Pilotos eram os melhores.Com uma dupla Kubica-Heidfeld,o sucesso seria alcançado facilmente.

ING RENAULT F1 TEAM

A Renault contava com a volta de Fernando Alonso e o filho do tricampeão Nelson Piquet.O carro era em si bonitas.A dupla Alonso-Piquet até que era razoável,mas aquela ordem de equipe no Cingapuragate botou má fama na equipe,mas isso já é história para outro dia.

AT&T WILLIAMS

A equipe de Frank Williams vinha de um ano razoável em 2007.Com a saída de Alexander Wurz da equipe,Kazuki Nakajima,pupilo da Toyota,entra no lugar do astríaco.Rosberg continuava na equipe.O carro,FW30,era patrocinado pela Petrobrás e tinha clássica pintura azul e branca.

RED BULL RACING

A equipe das latinhas continuava com as mesmas coisas de 2007.Mesmo estilo de pintura,mesmos pilotos,mesmos motores,etc.David Coulthard se preparava para sua aposentadoria dos F1 no final do ano e Mark Webber continuava como piloto da equipe.O carro trazia uma nova mudança que era a barbatana de tubarão que ajudava na velocidade.

PANASONIC TOYOTA RACING

A marca japonesa que gastava milhões anualmente vinha de um decepcionante temporada de 2007.Os pilotos seriam Ralf Schumacher e Jarno Trulli.O carro mantinha o esquema de pintura tradicional da equipe.A foto acima foi de um evento onde um Toyota TF108 aposta uma corrida com um batmóvel do filme Cavaleiro das trevas.

SCUDERIA TORO ROSSO

A equipe B da marca das latinhas trazia duas revelações:Sebastian Vettel e o multi-campeão da CART,Sebastien Bourdais.O carro era em si bonito,assim como os capacetes dos pilotos.Vettel dava show em chuva como no GP da Itália daquele ano,mas deixa esse assunto pra outro dia.

HONDA RACING F1 TEAM

A Honda tentava apagar a péssima temporada de 2007.A equipe seguia com os pilotos Jenson Button e Rubens Barrichello.O Honda RA108 mantinha algumas partes do carro com a pintura do globo terrestre.Eu não sei vocês,mas eu achei esse carro muito bonito.Rubinho era outro que queria apagar a temporada de 2007.Barrichello não marcou sequer um ponto.

SUPER AGURI F1

A equipe B da Honda vinha de um bom ano de 2007,mas a equipe passava por graves problemas finaceiros e nem a própria Honda queria ajudar a equipe.Takuma Sato era o xodó da equipe e Anthony Davidson era apenas um coadjuvante da equipe.O SA08 não era lá essas coisas,mas ficava na frente dos Force India facinho.

FORCE INDIA FORMULA ONE TEAM

A equipe indiana estreava na F1 depois de comprar a holandesa Spyker.O carro era o mesmo Spyker F8-VII do ano passado.Os pilotos seriam o pianista nas horas vagas Adrian Sutil e o experiente italiano Giancarlo Fisichella.Outro carro bonito,mas os capacetes dos pilotos eram uma “coisa” .

VODAFONE MCLAREN MERCEDES

A equipe tentava apagar o escandalo de espionagem que desclassificou a equipe em 2007.Alonso estava de saída,então chamaram Heikki Kovalainen para o lugar do asturiano.Hamilton continuava na equipe.O carro tinha o arco e os chifres de touro na parte dianteira e uma espécie de lâmina na parte lateral do carro.

No próximo capítulo do Review 2008 teremos o GP da Austrália de 2008.

Após o decepcionante campeonato de 2005, tendo um carro fraco o suficiente para conseguir apenas uma vitória e tendo a Renault e a McLaren como meta, a Ferrari construiu o 248 F1 para retomar o lugar mais alto da F1. O nome 248, vem pela nova motorização, 24, da capacidade do motor, e 8, o número de cilindros. A FIA mudara o regulamento, e os motores agora eram os V8.

O 248 vinha recheado de mudanças para levar os italianos ao topo novamente, por exemplo, além do novo motor, o chassis era mais leve que o de seu antecessor, e o seu desenho fora modificado, com mudanças também nos defletores. O sistema de refrigeração fora revisado para atender as necessidades do novo motor V8. Outras mudanças significativas incluem o a entrada de ar para o motor, o tamanho do tanque de combustível, e os elementos das laterais do carro, assim como o desenho do escapamento. A mudança mais interessante foi a colocação dos vidros retrovisores nas laterais do carro, servindo mais de elemento aerodinâmico do que para a visão dos pilotos.

A caixa de marchas de sete velocidades mostrava uma evolução da caixa feita de carbono introduzida no F2005, e também montada logitudinalmente. Já suspensão traseira foi desenhada para aumentar o coeficiente aerodinâmico na traseira do carro, e também melhorar a parte mecânica, como os pneus da marca Bridgestone.

 Com todas as mudanças, a Ferrari conseguiu voltar ao topo com boas vitórias, ainda que não conseguisse superar seu maior rival, o Renault R26, que foi o carro mais rápido durante a primeira metade da temporada. Com outras mudanças aerodinâmicas ao longo da temporada, a 248 melhorou seu desempenho, assim como mudanças no motor, que no começo da temporada gerava algo em torno dos 730 hp, e com mudanças chegava aos 780 hp de potência ao final da temporada.

A Ferrari não conquistou o título de Construtores nem o Mundial de Pilotos, mas melhorara muito seu desempenho em relação ao sombrio ano de 2005. Era também um carro muito importante para a Ferrari, pois marcava a aposentadoria de Michael Schumacher das pistas, e da equipe do carro vermelho, na qual conquistara nada mais que 5 títulos.

Dados:

Equipe: Scuderia Ferrari

Designers: Aldo Costa
                Rory Byrne
————————
Dados técnicos:

Chassis: Monocoque moldado em fibra de carbono

Suspensão: Suspensão independente, feita de fibra de carbono e alumínio, sistema push rod ativado com molas de torsão (suspensões dianteira e traseira).

Motor: Ferrari 056, 2.4 litros, V8, 90° de inclinação, 32V, montado logitudinalmente, 95 kg,

Transmissão: Ferrari, feita de titânio, montada logitudinalmente, 7 velocidades e uma marcha reversa (marcha ré), semi automática, sequencial.

Combustível: Shell

Pneus: Bridgestone
——————–
Pilotos:
5 Michael Schumacher

6 Felipe Massa
—————-
Pontos: 201

Corridas: 18

Vitórias: 9

Poles: 7

Voltas mais rápidas: 9

Posição no Mundial de Construtores: 2° lugar

Celebrando os 10 anos do primeiro teste de Felipe Massa na F1.Eu vou relembrar a primeira vez que Massa andou num F1.

A primeira vez que Massa andou num F1 foi em Mugello a exatos 10 anos.O teste foi um sucesso.Em três dias,Felipe percorreu 1.038 km em 198 voltas no circuito italiano. As últimas delas, ontem, com chuva. Segundo a assessoria de imprensa do piloto, com piso molhado seu melhor tempo foi de 1min37s30, contra 1min38s15 de Jean Alesi, da Jordan, um dos cinco que participaram dos testes.

“Mais uma vez o Felipe nos impressionou com sua performance e com as informações que passou aos engenheiros. Sua contribuição foi muito importante na nossa preparação para a corrida de Suzuka”, disse Jacky Eeckelaert, o chefe da equipe de testes da Sauber. Massa completou 66 voltas, a melhor delas em 1min25s228.

Massa ficou bem satisfeito com o teste: “Espero que tenha podido mostrar o que posso fazer e quero agradecer ao Peter Sauber pela oportunidade. Fiquei muito satisfeito e surpreso com meus tempos. Mas agora quero me concentrar na última corrida da F-3000 européia, para tentar minha sexta vitória em oito corridas. Esta experiência na F-1 vai me dar ainda mais confiança para isso” , disse Massa,naquela época com 20 anos.

Depois daquele teste Massa foi contratado pela Sauber para correr como piloto titular pela equipe no ano de 2002 sendo companheiro de Nick Heidfeld.

Parabéns Felipe Massa pelos 10 anos desde sua primeira sensação de como é um F1.

Tuíter

Erro: o Twitter não respondeu. Por favor, aguarde alguns minutos e atualize esta página.

Calendário

setembro 2011
D S T Q Q S S
« ago   out »
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
252627282930  

Enter your email address to subscribe to this blog and receive notifications of new posts by email.

Junte-se a 19 outros seguidores