No dia 11 de setembro de 2001,o mundo viu o maior ataque terrorista do mundo.Bin Laden virou o terrorista mais procurado do mundo e também começou a sua trajetória para ganhar o título mundial no pique-esconde(2001-2011,puxa!).5 dias depois foi realizada o GP da Italia de 2011.Todos estavam de luto.A Ferrari correu num carro sem nenhum tipo de patrocínio e com parte da asa dianteira negra como forma de luto.

A Ferrari estava de luto naquele dia

Michael Schumacher caminhava pelos paddocks com um pacto.O tal pacto era por causa do acidente de Alessandro Zanardi na ChampCar na etapa da Alemanha no dia anterior a corrida.Tal acidente amputou as pernas de Zanardi.O pacto dizia o seguinte:

“Por conta do acidente de Alessandro Zanardi na largada de uma etapa da Champ Car na qual ele ficou com as pernas amputadas,eu Michael Schumacher proponho fazer a primeira volta com ninguém ultrapassando ninguém.A tal primeira volta ia ser como se tivesse um safety-car na frente de todos os carros.Tudo isso para não vermos acidentes como o de Zanardi numa pista tão perigosa como é a de Monza.

                                                                               Atenciosamente,Michael Schumacher”

Com Jacques Villeneuve e Flavio Briatore rejeitando o tal pacto,o plano de Schumacher falhou miseravelmente.

Na corrida,a dupla da Ferrari iria tentar uma estratégia de duas paradas,mas Schumacher ainda estava triste com o negócio do World Trade Center e acidente de Zanardi,então só restou torcer para Barrichello(o que não era comum na Ferrari).A estratégia da Ferrari e de Rubinho não foi páreo para a estratégia de apenas uma parada da Williams.Juan Pablo Montoya venceu a corrida com Rubens Barrichello em segundo e Ralf Schumacher em terceiro.Michael Schumacher ficou num sem brilho,quarto lugar.

Que as pessoas que morreram na tragédia do World Trade Center descansem em paz.

 

Anúncios