O carro para a temporada de 2007 de F1 da Renault foi um fracasso. Pode-se dizer isso, pois nos dois anos anteriores, a Renault foi absoluta, conquistando dois títulos com Fernando Alonso. O carro, era muito similar ao seu bem sucedido antecessor, entretanto não conseguiu os mesmos resultados. Apresentava algumas mudanças, como a asa traseira, as laterais, estas com os retrovisores acoplados. O carro aparecia com mudanças também na sua pintura, que deixou o azul claro com amarelo, para um branco, com detalhes em laranja e azul, por causa de novos patrocinadores.

O carro era bom, mas não o suficiente para lutar com BMW, e principalmente com McLaren e Ferrari. Estava frequentemente nos pontos, com os dois piltos do time, o já veterano Giancarlo Fisichella, e o novato finlandês Heikki Kovalainen. O melhor resultado do time foi um segundo lugar inesperado no GP do Japão, com Kovalainen. A corrida marcada pela chuva foi caótica, e muitos acidentes aconteceram. Aproveitando-se disto, Kova conseguiu um merecido segundo lugar.

A Renault, vendo que o carro não conseguiria resultados melhores, preferiu focar no desenvolvimento do carro de 2008, terminando a temporada de 2007 no 3° lugar, com 51 pontos.

Dados:

Equipe: Renault F1

Designers: Bob Bell
——————-
Dados técnicos:

Chassis: Moldado em fibra de carbono e alumínio, monocoque

Suspensão: Feita da fibra de carbono e alumínio, sistema push rod, independente (suspensões dianteira e traseira)

Motor: Renault RS27, 2.4 litros, V8, montado logitudinalmente a 90°, aspirado naturalmente

Transmissão: Renault, sete velocidades, e uma marcha reversa. Sequencial, semi automática

Combustível: Elf

Pneus: Bridgstone
—————–
Pilotos:

3 Giancarlo Fisichella

4 Heikki Kovalainen
——————-
Pontos: 51

Corridas: 17

Vitórias: 0

Poles: 0

Voltas mais rápidas: 0

Anúncios