Não deu. Bruno Senna bem que tentou, mas não conseguiu. Graças ao dinheiro e apoio (foi mais o dinheiro mesmo) da pertrolífera Total, quem se deu bem foi o francês Romain Grosjean. Hoje a Lotus anunciou que quem vai ser o companheiro de Kimi Raikkonen em 2012 vai ser o atual campeão da GP2, Romain Grosjean.

Grosjean deixou de mãos abanando o russo Vitaly (ou Viborg Rocket para os íntimos) Petrov e o sobrinho do Ayrton, o Bruno. “Eu estou muito feliz de ser um dos pilotos da equipe para 2012. Há um grande sorriso no meu rosto e sinto que sou privilegiado por ter essa oportunidade”, comemorou o piloto francês em comunicado divulgado no site oficial da Lotus.

Grosjean falou na cara de Petrov e Bruno: CHUPA Petrov! CHUPA Bruno! CHUPAAAAAAAAAAAAAA! Literalmente. Grosjean iniciou o ano como piloto de testes da então Lotus Renault e já tinha pilotado pela Renault em 2009 quando foi promovido de piloto de testes para titular quando Nelsinho Piquet foi demitido.

Grosjean pilotou uma Renault amarela e branca em 2009 (detalhe pro cartaz ali atrás escrito “Kimi is te best” passando para português “Kimi é o melhor” ) …

Grosjean entrou no lugar de um Piquet em 2009 e dois anos depois entrou no lugar de um Senna. Daqui a pouco ele vai entrar no lugar de um Prost ou de um Mansell. Mas acho que não. O Greg e o Leo Mansell estão tão longe da F1 quanto o monstro do Lago Ness está de viajar de primeira classe para Orlando. E o Nicolas Prost também não está com essa bola toda.

E mais uma vez o dinheiro de Tio Patinhas triunfa sobre o talento.

…e ele vai pilotar uma Lotus ano que vem

Anúncios