O SA08 foi o carro que marcou a saída da equipe nipônica das pistas. Baseado no Honda RA107, de 2007, um carro com um péssimo desempenho, o SA08 também não conseguiu muito, e podemos comprovar isto somente pelo fato dos carros largarem em último nos três primeiros GPs.

 

A equipe que vinha de um animador campeonato de 2007, onde superou a sua equipe “mãe”, teve dificuldades financeiras para o ano de 2008, mas mesmo assim continuava correndo. Os problemas financeiros eram grandes, a Honda já não apoiava mais sua “equipe B”, e sem nenhum tostão furado para investir, a Aguri deixava a F1, como melhor resultado naquele ano, um 13° ano no último GP por ela disputado, o da Espanha.

 

 Dados:
Equipe: Super Aguri F1
———————–
Dados técnicos:

Chassis: Moldado em fibra de carbono, monocoque

Suspensão: Feita de fibra de carbono e alumínio, sistema push rod, molas de torção ativadas, independente (suspensões dianteira e traseira)

Motor: Honda RA808E 2.4 litros, 90°, V8, aspirado naturalmente, montado logitudinalmente, limitado a 19.000 RPM

Transmissão: 7 marchas, e uma reversa (marcha ré), sequencial, semi automática

Pneus: Bridgstone

——————-
Pilotos:

Takuma Sato

Anthony Davidson

——————-

Pontos: 0

Corridas: 4

Vitórias: 0

 Poles: 0

Voltas mais rápidas: 0

Posição no Campeonato de Construtores: 11°

 
Anúncios