Normalmente eu não faria uma retrospectiva. Não sou dessas coisas. Apesar de adorar ver uma retrospectiva na TV Globo ou blog do Bandeira Verde. Vou dizer porque não gosto de fazer uma retrospectiva. Dá muito trabalho e eu teria de fazer um texto longuíssimo. Então vou aproveitar que essa é a última semana de 2011, para usar esses últimos 5 dias para fazer uma retrospectiva que usará esses cinco dias inteiros. Hoje falaremos das 12 equipes que se aventuraram durante essas 19 etapas de 2011.

Para melhorar mais, vou dar saldos para cada equipe. Veja os saldos que vou dar:

  • Saldo bastante positivo
  • Saldo positivo
  • Saldo mais ou menos
  • Saldo negativo
  • Saldo bastante negativo

Red Bull Racing

Mark Webber Sebastian Vettel of Germany and Red Bull Racing leads team mate Mark Webber of Australia and Red Bull Racing early in the Brazilian Formula One Grand Prix at the Autodromo Jose Carlos Pace on November 27, 2011 in Sao Paulo, Brazil.

A Red Bull realmente me surpreendeu em 2011. Esperava um campeonato disputado, mas apenas vi o domínio espetacular do pequeno alemão de Heppenheim. O carro não era lá essas coisas em retas, mas era o melhor nas curvas. Isso ficou bem claro na Índia com Vettel e Webber andando mal no primeiro setor, mas o mais rápido num segundo e terceiro setor dominado por curvas.

Vettel dominou, isso ficou bem claro. Quanto ao Webber, apenas foi um coadjuvante. No final, um saldo bastante positivo para a equipe das latinhas.

Vodafone McLaren Mercedes

 

Em 2011, a McLaren claramente foi a segunda melhor equipe de 2011. Apesar da equipe ser a segunda melhor, sempre quis dar uma beliscadinha ali na supremacia da Red Bull. Apesar de vários achaream que a dupla Hamilton-Button era a melhor da F1 atual. Essa dupla foi a mais diferente dessa temporada.

Hamilton era agressivo (até demais) e impulsivo. Já Button é um Elio de Angelis da atualidade, gentleman, estratégico e agressivo na hora certa. A única coisa igual nessa dupla foi que eles venceram 3 corridas cada. Saldo positivo e segunda melhor equipe com sobras em 2011 para a equipe de Woking.

Scuderia Ferrari

A equipe que deu inspiração ao nome desse blog não foi páreo para a McLaren e para a Red Bull. O carro foi pior do que o de 2010 e o de 2009 juntos. Pelo menos levaram uma vitória para casa em Silverstone após a McLaren e a Red Bull fazerem suas trapalhadas nos boxes. Na foto, a cena mais comum de 2011: Alonso na frente de Massa.

Massa sofreu com vários problemas e com a pressão imposta por idiotas que acham que brasileiro tem ganhar em todas. Alonso foi melhor, mas não foi o suficiente para parar a McLaren e Red Bull. Saldo negativo para a equipe de Maranello.

Mercedes GP Petronas F1 Team

A Mercedes novamente não surpreendeu como dizia em meados do início de 2010. Esse ano ficou ficou disputando posições com Forces India e Saubers. Mas esse ano foi pior do que de 2010. Schumacher não pode fazer muita coisa, apesar de fazer belas corridas de recuperação como na Bélgica. Rosberg novamente foi rápido, mas não o suficiente. Rosberg sempre esteve dando trabalho principalmente para Massa (na Alemanha, Massa demorou mais de 20 voltas para fazer a ultrapassar) .

Quarto lugar no campeonato com sobras. Mas mesmo assim, saldo negativo para a equipe que usa pasta de dente na lateral do carro.

Lotus Renault GP

A Lotus Renault tinha tudo para ser a quarta melhor equipe de 2011, mas declinou do segundo semestre pra cá. E ainda por cima, quase perdeu o posto de quinta melhor equipe para a Force India. A Lotus preta escapou por 3 pontos da Force India de Lego. A equipe começou 2011 com a dupla Kubica-Petrov, mas o acidente de Kubica fez com que a dupla mudasse para Heidfeld-Petrov. Mas Heidfeld andou mal e a dupla mudou-se para B.Senna-Petrov.

Bruno não andou mal no começo, mas declinou da Itália pra cá. Das duplas da Lotus Renault em 2011, apenas Petrov conseguiu de manter em todas as duplas em 2011. Saldo mais ou menos para a Lotus preta e dourada.

AT&T Williams

A Williams foi a maior decepção de 2011. Barrichello não conseguiu fazer milagre com a sua Williams e Maldonado tampouco. Barrichello salvou a equipe ao marcar 4 pontos (2 em Montecarlo e 2 em Montreal) . Maldonado conseguiu marcar 1 ponto em Spa, mas foi o segundo pior estreante com sobras.

No final, a Williams foi melhor só que as equipes nanicas que chamamos de Caterham, Marussia e HRT. Saldo bastante negativo para a equipe de Sir Frank.

Force India Formula One Team

A Force India conseguiu de vez ser a sexta melhor equipe da F1. E não conseguiu ser mehor por 3 pontos. Após não conseguir a sexta posição ano passado por 1 ponto, será que ano que vem a equipe não vai conseguir a quarta posição por 2 pontos e por aí vai. De olho na Force India ano que vem digo eu. Sutil começou o ano levando surra de Di Resta, mas depois mostrou quem é que manda naquela equipe. Quanto ao Di Resta, brigou o ano todo com Sergio Perez como o melhor rookie do ano e se saiu melhor.

Saldo bastante positivo para a equipe do Rio Ganges.

Sauber F1 Team

A Sauber tinha tudo para brigar duro com a Williams e Force India pelo sexto posto no campeonato. Comuçou o ano da melhor forma possível, mas viu a Force India evoluir e fazer uma ultrapassagem facílima. Restou a equipe de Peter Sauber brigar com a Toro Rosso pela sétima posição e usou a falta de retas longas de Interlagos para garantir a sétima posição sobre a rival taurina e paupérrima. Kobayashi não surpreendeu muito esse ano. Perez deu um susto ao bater de lado na Chicane do Porto. Voltou para o Canadá, mas não se sentiu bem e deu lugar a Pedro de la Rosa fazer o se sempre. Um café com leite normal do espanhol.

Eu não sei qual saldo eu dou, então eu vou dar um saldo mais ou menos para a equipe de Peter Sauber.

Scuderia Toro Rosso

A Toro Rosso evoluiu de 2010 para cá. A prima paupérrima da Red Bull era ao contrário da Red Bull, a mais rápida nas retas e não ser muito rápido nas curvas. Alguersuari foi um piloto bastante consistente durante o campeonato e Buemi sempre teve o azar do seu lado. Sempre esteve brigando com Force India e Sauber e perdeu para as duas, sendo que perdeu para a Sauber por 3 pontos.

Saldo mais ou menos para equipe prima da Red Bull, só que a Toro Rosso tem menos dinheiro.

Team Lotus

A Lotus esverdeada foi junto com a Force India, a que mais evoluiu de 2010 para 2011. Sempre esteve alcançando grandes feitos como ir a Q2 em algumas corridas com Kovalainen que foi um sinal de superação em 2011. Trulli superou seus problemas com os problemas hidraulicos em seu carro, mas a sorte não sorriu para o pescarense. E Trulli não correu em Nurburgring por problemas no seu contrato e foi substituido por Karun Chandhok. Chandhok reviveu Yuji Ide e não fez nada de relevante a não ser ficar rodando na pista e levar uma volta das duas HRT.

Saldo positivo para a Lotus esverdeada.

Hispania Racing Team F1 Team

Enfim, a HRT. É talvez a equipe mais simpática do fundão. Fez o de sempre que é ficar brigando com a Marussia pelo posto de décima primeira melhor equipe. A HRT começou com a dupla Liuzzi-Karthikeyan. Com um carro ruim, a dupla não se classificou para o GP da Austrália. Mas depois melhorou e nunca mais não se classificou. Karthikeyan foi sacado da equipe em Valência e Daniel Ricciardo entrou em seu lugar. Ricciardo andou muito bem durante o tempo em que andou pela HRT. Na Índia, Liuzzi foi trocado por Karthikeyan apenas por causa do marketing que conseguiria com um indiano no primeiro GP da Índia da F1.

Saldo mais ou menos para equipe mais adorada desse humilde blog.

Marussia Virgin Racing

A pior equipe da F1. A equipe tinha esperança de ter um carro bom com seu carro feito no computador, mas as esperanças foram aniquiladas com o pior carro de 2011. Glock parecia estar deprimido pro estar num carro tão ruim e não conseguiu fazer milagre com o MVR02. D’Ambrosio começou bem o ano, mas declinou desde quando eu falei que ele era um piloto que tinha futuro. D’Ambrosio recebeu o prêmio de pior rookie de 2011.

Saldo bastante negativo para a equipe da aeromoça Richard Branson.

Veja o ranking de saldos:

Saldo bastante positivo: Red Bull e Force India.

Saldo positivo: McLaren e Team Lotus.

Saldo mais ou menos: Lotus Renault, Toro Rosso, HRT e Sauber.

Saldo negativo: Ferrari e Mercedes.

Saldo bastante negativo: Williams e Marussia Virgin.

Uma coisa eu percebi nesse post: Toro Rosso significa Red Bull em italiano e Red Bull significa Touro Vermelho em inglês (dessa última eu já sabia) .

Anúncios