Especial tragédias de Imola 1994: J.J. Lehto e Pedro Lamy, Benetton e Lotus, Reta principal

Acharam que ia ser o acidente do Senna, não é. Motivo: um especial de três partes é muito pouco para um especial.

 

No começo da corrida, o finlandês J.J. Lehto não conseguiu largar com sua Benetton e ficou parado no grid na quinta posição. O português Pedro Lamy da então paupérrima, mas tradicional Lotus Mugen-Honda, que largou na vigésima-segunda posição, tinha sua visão bloqueada por outros carros e não o percebeu, acertando em cheio a traseira do Benetton-Ford. Partes da carenagem do carro e pneus voaram pelo ar contra a cerca de segurança projetada para proteger os espectadores no grid de largada. Porém, nove pessoas sofreram ferimentos leves após um dos pneus ultrapassar a cerca.

Amanhã, o acidente fatal de Ayrton Senna.

Anúncios

Um comentário em “Especial tragédias de Imola 1994: J.J. Lehto e Pedro Lamy, Benetton e Lotus, Reta principal

  1. Esse não foi o menor acidente daquele GP. Houve um acidente com uma Minardi, na qual, após a roda se desprender do carro, atingiu um mecânico da Minardi. Esse chegou a ser irrisório. Nas preliminares do GP, na Porsche Cup, houve um acidente feio, aquele fim de semana não era de sorte nem para as categorias de base.

    Abraços
    Ramon Mendes

Diga aqui abaixo o que você achou do meu post!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s