You are currently browsing the monthly archive for maio 2012.

Todas as pistas tem um reta dos boxes. Mas, um tal de Felipe Pires (filha da mãe tem 12 anos) do blog Cadernos de Velocidade criou um blog chamado Reta dos Boxes. Nome bem original devo dizer. E naquele Reta dos Boxes, também estavam o Ramon Mendes do blog Racing Team, o “Chili” Douglas Borges do blog Sexta Marcha e um nativo daqui de Manaus, Gabriel “Gábi” Santos do blog Formula 1 Racing Team Brasil.

Por algum motivo que desconheço, eu conhecia todos aqueles menores e pré-adolescentes. Aí no Facebook, o gaúcho Ramon Mendes me chamou para uma “reunião” do Reta no MSN. Entrei no MSN para participar da tal “reunião” . E por algum motivo que continuo a desconhecer, por voto democrático. Eles me indicaram pro pequenino Felipe me convidar pro Reta. E é essa a história de como o salgadinho de queijo foi inventado.

Aceitei o convite e agora estou postando lá também. Quer visitar o Reta e ver como é?

Aqui o link: http://retadosboxes.wordpress.com/.

Obrigado ao Felipe, ao Ramon, ao Chili Douglas e ao Gábi Santos por me abrigaram no Reta dos Boxes.

Anúncios

MDMonacoR

CORRIDA: Na largada, Romain Grosjean parte para cima de Alonso que rapidamente fecha. Grosjean acaba batendo e Schumacher e roda antes mesmo da Saint-Devote. Ali atrás, Pastor Mal Domado bate em Pedro de la Rosa e os dois abandonam. Safety-Car na pista. Na relargada, Webber se mantém a frente. Massa começa a pressionar Alonso.

Alonso começa a formar um fila enorme atrás dele. Começa a expectativa da chuva que nunca chegava. Lá atrás, Sergio “Chapolim-Chaves” Perez começa sua recuperação por posições. Kamui Kobayashi abandona a corrida. Vitaly Petrov também abandona a prova. Na volta 20, os pilotos começa a fazer suas paradas nos boxes. Massa começa a perder rendimento para Alonso que abre 1 seg para o brasileiro. Sebastian Vettel tenta ultrapassar Kimi “James Hunt” Raikkonen, mas não consegue. Até que o Ice-Man vai pros pits.

Alonso faz sua parada nos boxes e Massa vai uma volta depois. Depois de 35 voltas, apenas Daniel Ricciardo e Sebastian Vettel não pararam nos boxes. Na volta 41, Daniel Ricciardo vai para os boxes. Jean “Alesi” Eric-Vergne disputa posições intermediárias com Sergio “Chapolim” Perez. Na saída do túnel, ele corta a Chicane do Porto e devolve a posição para Perez. Kimi Raikkonen forma um pelotão atrás dele. Até Heikki Kovalainen com a Caterham está ali no meio.

Sebastian Vettel para nos boxes, beirando a volta 50. Ele volta em quarto na frente de Lewis Hamilton e Felipe Massa. Lá no meião, Heikki Kovalainen disputa posição com a poderosa McLaren de Jenson Button relembrando a emblemática disputa entre Enrique Bernoldi vs. David Coulthard em 2001.

Sergio Perez bate em Kimi Raikkonen ao querer entrar nos pits. Sergio Perez é punido com um drive-trough. Michael Schumacher enfrenta problemas com o carro e fica muito mais lento que os outros pilotos e abandona. Charles Pic abandona. Daniel Ricciardo também abandona. Lá atrás, Jenson Button segue tentando ultrapassar Heikki Kovalainen. Na saída do túnel, ele é fechado por Kovalainen. Tenta ultrapassar na curva 14, mas acaba tocando em Kova e roda. E Jenson abandona.

Kovalainen fica com a asa dianteira danificada e entra nos boxes. Lá na frente, continua o trenzinho Webber-Rosberg-Alonso-Vettel-Hamilton-Massa. Nínguem passa nínguem e isso permanece até o final. Veja o resultado final da prova aqui abaixo:

Pos No Piloto Equipe Tempo V VL Grid Pts
1 2 Austrália Mark Webber Áustria Red Bull 01:46:06.557 78 61 1 25
2 8 Alemanha Nico Rosberg Alemanha Mercedes +0.643 78 0 2 18
3 5 Espanha Fernando Alonso Itália Ferrari +0.947 78 1 5 15
4 1 Alemanha Sebastian Vettel Áustria Red Bull +1.343 78 15 9 12
5 4 Reino Unido Lewis Hamilton Reino Unido McLaren +4.101 78 0 3 10
6 6 Brasil Felipe Massa Itália Ferrari +6.195 78 1 7 8
7 11 Reino Unido Paul di Resta Índia Force India +41.537 78 0 14 6
8 12 Alemanha Nico Hülkenberg Índia Force India +42.562 78 0 10 4
9 9 Finlândia Kimi Raikkonen Reino Unido Lotus +44.036 78 0 8 2
10 19 Brasil Bruno Senna Reino Unido Williams +44.516 78 0 13 1
11 15 México Sergio Pérez Suíça Sauber +1 volta 77 0 24 0
12 17 França Jean-Eric Vergne Itália Toro Rosso +1 volta 77 0 16 0
13 20 Finlândia Heikki Kovalainen Malásia Caterham +1 volta 77 0 17 0
14 24 Alemanha Timo Glock Rússia Marussia +1 volta 77 0 19 0
15 23 Índia Narain Karthikeyan Espanha HRT +2 voltas 76 0 22 0
16 3 Reino Unido Jenson Button Reino Unido McLaren Batida 70 0 12 0
NC 16 Austrália Daniel Ricciardo Itália Toro Rosso Direção 65 0 15 0
NC 25 França Charles Pic Rússia Marussia Elétrica 64 0 21 0
NC 7 Alemanha Michael Schumacher Alemanha Mercedes Pressão de combustível 63 0 6 0
NC 21 Rússia Vitaly Petrov Malásia Caterham Elétrica 15 0 18 0
NC 14 Japão Kamui Kobayashi Suíça Sauber Suspensão 5 0 11 0
NC 22 Espanha Pedro de la Rosa Espanha HRT Batida 0 0 20 0
NC 18 Venezuela Pastor Maldonado Reino Unido Williams Batida 0 0 23 0
NC 10 França Romain Grosjean Reino Unido Lotus Batida 0 0 4 0

 Destaques positivos da corrida:

Felipe Massa: Voltou a mostrar o Felipe Massa agressivo a que o Brasil se acostumou. Pressionou Alonso no começo da prova. E depois passou boa parte do tempo brigando no trenzinho dos seis primeiros. Tomare que continue assim.

Heikki Kovalainen: Segurou por boa parte do tempo Jenson Button e relembrou a épica disputa Enrique Bernoldi vs. David Coulthard em 2001. Teve o bico quebrado quando estava em décimo segundo e perdeu uma posição. Garantiu a décima posição para a Caterham no mundial de construtores.

Destaques negativos da corrida:

Pastor Maldonado: Bateu o final de semana todo, o que mais posso dizer.

Kimi Raikkonen: Irreconhecível durante o fim de semana. Não soube homenagear James Hunt.

Jenson Button: Sofreu para fazer a ultrapassagem sobre Heikki Kovalainen e mesmo assim não fez a ultrapassagem. Rodou e abandonou. Mas que infelicidade…

CLASSIFICAÇÃO DO CAMPEONATO:

 
Pos Piloto Equipe Pts
1 Espanha Fernando Alonso Ferrari 76
2 Alemanha Sebastian Vettel Red Bull 73
3 Austrália Mark Webber Red Bull 73
4 Reino Unido Lewis Hamilton McLaren 63
5 Alemanha Nico Rosberg Mercedes 59
6 Finlândia Kimi Raikkonen Lotus 51
7 Reino Unido Jenson Button McLaren 45
8 França Romain Grosjean Lotus 35
9 Venezuela Pastor Maldonado Williams 29
10 México Sergio Pérez Sauber 22
11 Reino Unido Paul di Resta Force India 21
12 Japão Kamui Kobayashi Sauber 19
13 Brasil Bruno Senna Williams 15
14 Brasil Felipe Massa Ferrari 10
15 Alemanha Nico Hülkenberg Force India 7
16 França Jean-Eric Vergne Toro Rosso 4
17 Austrália Daniel Ricciardo Toro Rosso 2
18 Alemanha Michael Schumacher Mercedes 2
19 Finlândia Heikki Kovalainen Caterham 0
20 Alemanha Timo Glock Marussia 0
21 França Charles Pic Marussia 0
22 Índia Narain Karthikeyan HRT 0
23 Rússia Vitaly Petrov Caterham 0
24 Espanha Pedro de la Rosa HRT 0

EQUIPES:

Pos Equipe Motor Pts
1 Áustria Red Bull Renault 146
2 Reino Unido McLaren Mercedes 108
3 Itália Ferrari Ferrari 86
4 Reino Unido Lotus Renault 86
5 Alemanha Mercedes Mercedes 61
6 Reino Unido Williams Renault 44
7 Suíça Sauber Ferrari 41
8 Índia Force India Mercedes 28
9 Itália Toro Rosso Ferrari 6
10 Malásia Caterham Renault 0
11 Rússia Marussia Cosworth 0
12 Espanha HRT Cosworth 0

FOTOS DA CORRIDA:

Batida de Grosjean em Schumacher

2012 Mônaco de Fórmula 1 Grand Prix

Romain Grosjean rodando

Kamui Kobayashi voando na largada

Pastor Maldonado e Pedro de la Rosa com os carros danificados na largada

Pedro de la Rosa, HRT F1 Team, 2012 Monaco Formula 1 Grand Prix, Formula 1

Pedro de la Rosa se arrastando com a asa traseira quebrada

Pastor Maldonado, Williams, 2012 Monaco Formula 1 Grand Prix, Formula 1

Pastor Maldonado sem a asa dianteira

2012 Mônaco de Fórmula 1 Grand Prix

Pessoal retirando o Williams do Pastor Mal Domado

2012 Mônaco de Fórmula 1 Grand Prix

Safety-car na pista

Fernando Alonso, Ferrari, 2012 Monaco Formula 1 Grand Prix, Formula 1

Fernando Alonso segurando Felipe Massa no começo da prova

Heikki Kovalainen, Caterham, 2012 Monaco Formula 1 Grand Prix, Formula 1

Heikki Kovalainen segurando Jenson Button

2012 Mônaco de Fórmula 1 Grand Prix

Heikki Kovalainen segurando um pelotão atrás dele

2012 Monaco Formula 1 Grand Prix

Jenson Button após rodar após um toque com Heikki Kovalainen

2012 Mônaco de Fórmula 1 Grand Prix

Mark Webber comemorando na piscina da Red Bull a vitória

Mark Webber está orgulhoso de seu prodígio, Conor Daly. Dmitry Suranovich tá ficando doido ou o quê. Bom domingo a todos.

Bruno Senna, Mercedes Grand Prix, 2012 Monaco Formula 1 Grand Prix, Formula 1

Não podia deixar de fora uma foto dessa. Sinceramente, eu prefiro a loira.

Lewis Hamilton, McLaren, 2012 Monaco Formula 1 Grand Prix, Formula 1

Lewis Hamilton e uma Sauber. Mas os ferraristas não deixam de aparecer ali no prédio próximo a curva Loew’s .

2012 Mônaco de Fórmula 1 Grand Prix: Sábado

Não importa se o carro é horrível ou se o piloto é um perna manca. Fotos assim não tem preço. Talvez tenham, mas quem sabe…

A F1 em Indianápolis. Esse final de semana vai ter F1 e Indianápolis. O mês de maio é show de bola. É incrível como num só dia resolveram colocar o GP de Mônaco, o mais importante da F1, e a Indy 500, o evento mais importante da Indy, num só dia. Separados por umas duas ou três horas, vejam só. E dentro de alguns dias, ainda tem as 24 Horas de Le Mans, vejam ainda mais.

Falamos primeiro de Monticarlos. A etapa monegasca é a mais importante da F1. O mais incrível é que se não fosse toda essa tradição, paisagem e dinheiro, Mônaco iria ser arrancado sem dó pelo Bernie Ecclestone. Pense só, Mônaco é uma pista traiçoeira, curta, cujo ponto mais rápido da pista passa por túnel escuro, se não fosse aquilo que acabei de falar, adeus Mônaco. Para nossa sorte, Mônaco é assim mesmo. Como consequência, as corridas são sempre legais e divertidas.

E Mônaco é a única pista do calendário que permite que uma equipe pequena possa brigar com as grandes como em 2008 quando Adrian Sutil, com uma Spyker pintada de dourado e branco brigando pelo pódio até que Kimi Raikkonen o acertou na Nouvelle-Chicane. E em 1984, quando choveu temorosamente nas terras monegascas e Ayrton Senna e Stefan Bellof, com uma Toleman e um Tyrrell, nessa ordem, brigando pela vitória com a poderosa Marlboro-McLaren de Alain Prost até a corrida ser intorropida por Jacky Ickx. E pra finalizar, em 1996, com uma fraca Ligier, Olivier Panis conseguiu sua única vitória na carreira em Mônaco, após ter largado em décimo sexto.

O carro de Adrian Sutil nos boxes depois de ser acertado por Kimi Raikkonen em Mônaco/2008

Como a temporada de 2012 é a mais equilibrada em eras, não se sabe que poderá levar a etapa. Quem sabe até Daniel Ricciardo ou Narain Karthikeyan possam vencer a etapa monegasca. E os treinos livres não revelaram muita coisa. Ainda mais com aquele chuvisco que rolou no segundo treino livre de quinta. Mas percebemos que a Ferrari poderá muito bem brigar pela vitória, seja com Fernando Alonso ou Felipe Massa. Meu palpite para domingo, Kimi Raikkonen vai vencer a corrida com Felipe Massa no pódio, ou ao menos brigando pelo pódio.

Quanto a Indy, vamos ter a etapa de Indianapolis. O oval de Indiana é único. Tem 2,5 milhas de extensão, mas em vez de ser um oval como os outros SuperSpeedways do EUA como Daytona e Talladega, ele tem um formato quadrático um tanto esquisito. O que o torna um circuito que abriga corridas legais com finais emocionantes.

Como a de Scott Goodyear e Al Unser Jr. em 1992, após Scott Goodyear largar lá atrás e quase vencer a corrida num final decidido por um dedo. E quem poderia se esquecer da Indy 500 do ano passado, quando JR Hildebrand viu o diabético Charlie Kimball na frente, botou por fora na curva 4 na última volta para colocar uma volta nele, mas foi para a parte suja da pista e bateu e destruiu a parte direita de seu Dallara, se arrastou até a linha de chagada, nos enganou quando o narrador em êxtase falou que Hildebrand tinha ganhado. Mas o falecido Dan Wheldon havia ganhado a corrida depois que mostraram uns mecânicos vestidos de branco, verde e laranja da fabricante de roupas William Rast comemorando a vitória de Wheldon.

O tão conhecido e sanguinolento, Bump Day que fazem nós, telespectadores roer os dedos torcendo para um filha-da-mãe qualquer andar na casa de 223 ou 224 mph para poder correr no domingo seguinte. Pois é, ele praticamente não existiu. 42 pilotos se inscreveram para a corrida, e naturalmente, com ocorre normalmente, os piores desses 42 iriam para o Bump Day. Pois é, 9 desgraçados não correram no Bump Day, ou seja, os 33 que correram realmente nos treinos, se classificaram para a corrida. Não teve aquela tão esperada emoção que tanto nos diverte.

Graças a isso, até velhacos com Jean Alesi se classificaram, nem que seja em último. Como a temporada de 2012 da Indy tá uma bosta e não rolou nenhuma corrida em oval em 2012 com o novo chassis DW12, basicamente somos leigos desinformados por tentar apostar em um zé-ruela que ele garante que vai vencer. Admitam, vocês não tem certeza, e nem fazem idéia de quem vai ganhar a corrida.

Para deixar de ser chato, aposto em Josef Newgarden para vencer a corrida. A Penske vai sofrer com aquele velho azar em Indiana e apenas a Bia Figueiredo vai completar a corrida, mas não numa posição boa. Bom domingo e curtam tanto o GP de Mônaco da F1 quanto a Indy 500 da F-Indy.

Há dois dias, o GP de Mônaco completou 62 anos. Uma pena que segunda eu estava ocupado e mal se lembrava de que isso tinha acontecido. Foi o GP de Mônaco de 1950. Naquela época não existia as curvas da Piscina, Saint-Devote e a La Rascasse. Mal existia o túnel que vemos hoje. Na verdade existia, mas não é o mesmo túnel de hoje.

Naquele GP, Juan Manuel Fangio deu um show. Nos treinos, o argentino foi 2,5 segundos mais rápido que o segundo colocado, Nino Farina. Mas eram 100 voltas no circuito de Montecarlo e qualquer coisa podia acontecer. Assim como aconteceu em .

E assim Juan Manuel Fangio foi para o grid na pole. Na largada, ele se manteu na primeira posição. Ainda na primeira volta, uma onda vinda do porto inundou a curva do Tabaco. Com carros como aqueles, era perigoso fazer uma uma curva como a do Tabaco, ainda mais molhada por conta da onda.

Por sorte, Fangio conseguiu sobreviver ao Tabaco molhado, mas Farina que era o segundo não. Ele rodou e bateu forte. Mais oito pilotos abandonaram no Tabaco molhado. Farina, Fagioli, Rosier, Manzon, de Graffenried, Trintignant, Harrison e Franco. Uma verdadeira carnificina no Tabaco. E ainda teve Harry Schell que bateu um pouco antes do Tabaco molhado. No meio da carnificina, José Froilan Gonzalez que havia danificado o seu carro no engavetamento no Tabaco molhado. Por ironia, o carro de Gonzalez pegou fogo e o hermano sofreu algumas queimaduras, mas nada com que se preocupar. De 19 carros que largaram, apenas 9 sobreviveram à curva do Tabaco.

E Fangio continuava na liderança por várias voltas. Depois da metade da prova, Fangio já havia dado voltas sobre a maioria dos pilotos que haviam sobrevivido. Todos menos Alberto Ascari que era o segundo colocado aquela altura. Mas as voltas foram passando e chegou a hora de dar uma volta sobre Ascari.

Ascari tentava segurar, mas não dava. Fangio era muito mais rápido que qualquer um presente naquelas ruelas de 10 metros de largura. E Fangio deu uma volta em Ascari. E foi assim que Juan Manuel Fangio venceu o primeiro GP de Mônaco de F1. Dominante, do jeito que Juan Manuel Fangio gostava. Gostava…

Acreditem se quiser, mas eles não estão trabalhando numa obra de pavimentação de ruas ou algo assim. Mas eles estão construindo o Kartódromo da Vila Olímpica de Manaus em 2011.

E o resultado foi esse:

Já contei sobre o kartódromo de Manaus .

Estou com preguiça e pouco saco de fazer posts por aqui. Vou tirar uma semana de folga. Se eu tiver em um dia bom, sai post na terça. Para não deixar este sítio com teias de aranhas, deixo um pequeno grande desafio. Quem é o piloto, carro, pista e ano?

Como sou bonzinho, deixo uma dica neste post.

Tuíter

Erro: o Twitter não respondeu. Por favor, aguarde alguns minutos e atualize esta página.

Calendário

maio 2012
D S T Q Q S S
« abr   jun »
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031  

Enter your email address to subscribe to this blog and receive notifications of new posts by email.

Junte-se a 18 outros seguidores