Quem diria hein? Eu tenho apenas 13 anos e já consegui atingir várias metas neste sítio automobilistico. Mais outra meta foi alcançado na quarta-feira, dia 30. Eu havia adicionado pilotos brasileiros na minha conta no Facebook para ver se conseguia entrevistar alguém. Eu já havia falhado miseravelmente em duas outras tentativas com Bruno Junqueira e Pietro Fittipaldi. Mas ontem eu consegui finalmente.

Foi com o piloto da AutoGP e que fez duas rodadas duplas na GP2, Víctor Guerin. Para quem não sabe, Guerin tinha acabado de voltar de um treino da AutoGP no Algarve. E como tem piloto que fica só uns 3/5 minutos on-line, tive que aproveitar para puxar saco. Então vamos começar.

NECRO- Caro Victor, posso lhe entrevistar via Facebook?

GUERIN- Claro.

NECRO- Então vamos começar.

GUERIN- Diga.

NECRO- Você está correndo atualmente na AutoGP né?

GUERIN- Sim.

NECRO- Sua carreira nos monopostos começou na F3 Sudamericana né?

GUERIN- Na Fórmula Renault 2000, que foi um campeonato que surgiu em 2009 no Brasil, e teve só 2 corridas e depois passei logo para a F3 Sudamericana.

NECRO- Ah, então sua carreira nos monopostos começou na F-Renault 2000 e não na F3 Sulamericana?

GUERIN- Sim, F-Renault 2000.

NECRO- E onde foram essas duas corridas na F-Renault 2000?

GUERIN- Imagina.

NECRO- Interlagos?

GUERIN- Sim.

NECRO- Uma rodada dupla em Interlagos?

GUERIN- Uma rodada normal.

NECRO- E qual foi o resultado?

GUERIN- Ganhei.

NECRO- Ganhou!?! Legal!! Aí você foi para a F3 Sudamericana né?

GUERIN- Sim.

NECRO- O pessoal se impressionou com a vitória foi?

GUERIN- Sim.

NECRO- E logo de cara você conseguiu 5 pódios em 10 corridas. O que o pessoal achou de você?

GUERIN- Assinei o contrato com meu empresário nessa época. Foi muito bom para mim.

NECRO- Não tinha empresário ainda? Aí, graças a esses bons resultados, você migrou para a Europa em apenas um ano. Foi para a Formula Abarth onde conseguiu sua primeira vitória em uma categoria fora do Brasil. Onde foi essa corrida?

GUERIN- Em Maggione. Tinham 42 carros correndo, foi muito boa.

NECRO- 42 carros e você derrotou todos eles!

GUERIN- Sim, foi minha segunda corrida aqui na Europa.

NECRO- No final do campeonato você mudou de categoria. Porque?

GUERIN- Achamos que como já havia tido um pouco de contato com a F3 Sudamericana, podia ser uma boa opção passar para a F3 Italiana. E foi muito boa mesmo, fiz cinco pódios e ganhei a última corrida em Monza (isso já foi na F3 Italiana e não na F-Abarth. É que tinha me enganado de categorias). De oito etapas, cinco fui para o pódio.

NECRO- Você ficou na Abarth até o final da temporada né?

GUERIN- Sim, terminei o campeonato. Com dois pódios.

NECRO- Vamos para 2011. Você continuou na Abarth por mais uma rodada. Depois você foi para a F3 Italiana né? Foi onde você ganhou em Monza?

GUERIN- Sim.

NECRO- Como foi a corrida?

GUERIN- A de Monza você está falando?

NECRO- Victor? Ainda está aí? Minha internet foi embora (a internet foi embora três vezes durante a entrevista).

GUERIN- Tranquilo. Tô sim. Pode falar.

Guerin comemorando em Monza

NECRO- Como foi a corrida em Monza? Onde rolou a vitória.

GUERIN- Então, eu larguei em segundo. Cai pra terceiro, passei para segundo de novo. Então sabe né, Monza é corrida que se muda de posição muitas vezes e quando faltavam duas voltas, o carro do Lewis acabou saindo da pista e quebrou a suspensão, então passei para primeiro e ganhei a corrida.

NECRO- Lewis? Lewis Hamilton? O da McLaren?

GUERIN- Hahahaha, não o Michael Lewis que faz a F3 Euroseries hoje.

NECRO- Desculpe, é que eu pensei errado.

GUERIN- Tranquilo.

NECRO- Aí, você finalizou a temporada em oitavo.

GUERIN- Sim.

NECRO- Foi bom para você ou teve algum devaneio por conta disso?

GUERIN- Não acho que tivesse começado bem o campeonato, poderia ter sido melhor, por isso eu pensava em fazer esse ano de novo a F3 e poder lutar pelo título, mas com a crise só tinha 8 pilotos inscritos, então mudei o rumo e acabei fazendo a AutoGP.

NECRO- Depois da F3 Italiana, você voltou para o Brasil não foi?

GUERIN- Sim, passei três meses aí.

NECRO- Correu de novo na F3 Sudamericana e no Troféu Linea. Achou proveitoso essa volta ao Brasil?

GUERIN- Fui só passar férias e para não ficar parado, fiz uma corrida no Trofeu Linea no time do meu empresário, e fiz o campeonato de F3 Brasil Open onde bastante pilotos brasileiros que correm na Europa fizeram para não ficar parado…

Victor Guerin correndo pela Super Nova Racing em Marrakech

NECRO- Vamos para 2012. Você foi correr na AutoGP. Como você conseguiu a vaga na AutoGP?

GUERIN- O John Sears que é dono da Super Nova onde eu tô hoje, já vinha escrevendo para mim e para meu manager a tempos. Aí como percebemos que a F3 Italiana tava fraca, fomos testar AutoGP onde liderei meu primeiro teste na manhã e fiquei em quarto à tarde, então foi aí que decidimos correr de AutoGP.

NECRO- Ele já estava de olho em ti?

GUERIN- Sim, desde novembro do ano passado ele escrevia para mim e meu empresário.

NECRO- E por que você apareceu no Algarve para correr na F2 FIA?

GUERIN- Para conhecer a pista daqui para a AutoGP.

NECRO- Onde vai rolar a próxima etapa da AutoGP.

GUERIN- Aqui em Algarve.

NECRO- Foi estratégico né?

GUERIN- Sim.

NECRO- E como é que foi a corrida?

GUERIN- Mais ou menos. Não conhecia a pista e nem o carro. Cheguei em nono.

NECRO- Por que resolveram lhe chamar? Desculpe, minha internet caiu de novo. Merda de Claro. Ainda está aí?

GUERIN- Imagina… estou sim.

NECRO- O que aconteceu pro Tiago (Monteiro) te chamar pra correr na Ocean?

GUERIN- O meu coach driver aconselhou.

NECRO- E como surgiu a vaga na Ocean?

GUERIN- O dono da Ocean que é o Tiago Monteiro perguntou para o meu coach driver que é o (Gabriele) Tarquini, se ele conhecia algum piloto que poderia correr de GP2, e aí surgiu o contrato entre o Tiago Monteiro e meu manager.

NECRO- E depois? o Tiago lhe chamou?

GUERIN- Eles chegaram em um acordo que foi para a corrida de Barcelona e Monte Carlo, agora estamos na luta junto com o time para tentar arrumar mais dinheiro para terminar a temporada.

NECRO- E o que você achou de pilotar na GP2?

GUERIN- A melhor experiência da minha vida…

NECRO- Legal. Tem planos futuros agora?

GUERIN- Tentar terminar a GP2.

Única foto do acidente que achei. Quem achar uma boa me avise

NECRO- Ah, ia me esquecendo. Sobre o acidente de Mônaco. O que acontecer lá?

GUERIN- O (Johnny) Cecotto furou o pneu e acabou rodando antes do Cassino e todo mundo freiou e o (Felipe) Nasr não viu e acabou subindo em cima de mim e me jogou contra outros carros… e se formou um big acidente.

NECRO- Um big one. Como você se sentiu naquela hora?

GUERIN- Ah, foi muito rápido, só sentia dor nas costas e no pulso, mas agora já tá tudo bem.

NECRO- Quais foram os machucados?

GUERIN- Pulso e pescoço, mas tudo muscular, então já tá tudo bem agora.

NECRO- Já parou a dor?

GUERIN- Sim sim. Eu moro na Formula Medicine (Robert Kubica tava lá se recuperando daquele acidente no Rali de Andora) que é uma academia só para pilotos, onde é muito conhecida por reabilitação de pilotos. O Dott Ceccarelli que é dono de lá é muito bom em medicina esportiva, então ele me examinou e me receitou alguns remédios certos onde fizeram efeitos rapidamente.

NECRO- Só para finalizar a entrevista, como se pronuncia seu nome? É GUerin ou GUErin?

GUERIN- É Victor GUErin.

NECRO- Então o comentarista do SporTV está certo.

GUERIN- Hahahahaha, depois me envia no meu face onde você vai colocar a entrevista ok?

NECRO- Tá. Bom Victor. Boa sorte na sua carreira.

GUERIN- Bom, vou dormir aqui que amanhã (quinta-feira) já tenho treino aqui em Portimão, valeu.

NECRO- Quero ver você detonando na F1. E mais uma vez, obrigado por essa entrevista.

GUERIN- Se Deus quiser. Valeu você. Um abraço.

NECRO- Já que é difícil conseguir entrevistas com pilotos.

GUERIN- Sim, eu sei hahahahaha.

NECRO- Obrigado e te vejo na F1 futuramente.

GUERIN- É isso aí. Abraços e até mais.

NECRO- Até mais.

FIM DA TRANSMISSÃO.

Mais uma vez, obrigado ao Víctor Guerin por me conceder essa entrevista. Valeu Guerin!

Anúncios