CORRIDA: Na largada, Sebastian Vettel se manteve na liderança e já começava a abrir para Lewis Hamilton. Fernando Alonso larga bem e migra para a oitava posição, e Felipe Massa vai para décimo. Timo Glock não largou seguindo conselhos médicos. Maldonado perde duas posições na largada para Kimi Raikkonen e Romain Grosjean.

Alonso pressiona Nico Hulkenberg que havia largado mal. Logo atrás, Felipe Massa também pressiona a Force India de Paul di Resta. Felipe Massa continua tentando passar Di Resta. Tenta por fora na curva 12, não consegue. Tenta de novo, mas não consegue e começa a perder terreno para o escocês da Force India.

Os pilotos começam a fazer suas paradas. Alonso passa Hulkenberg e tenta ir atrás da briga pelo segundo lugar que ia de Lewis Hamilton até Kimi Raikkonen. Bruno Senna, Michael Schumacher e Mark Webber não pararam nos boxes e formam um pelotão atrás deles. Mark Webber e Schumacher fazem suas paradas.

Bruno Senna é ultrapassado por um piloto aí (esqueci o nome), e logo depois é acertado por Kamui Kobayashi. Bruno roda, mas consegue voltar pra pista. Kobayashi também. Logo depois, Bruno Senna é punido pelos comissários por ter sido “culpado” do incidente. Na volta 26, Jean-Eric Vergne tenta a ultrapassagem sobre Heikki Kovalainen. Bota de lado, mas os dois acabam se tocando. O pneu traseiro esquerdo de Vergne é furado e o dianteiro direito de Kovalainen também é furado.

Restos do pneu traseiro de Vergne ficam espalhados na pista. Safety-Car na pista. Todos os pilotos vão para os boxes. Exceto Daniel Ricciardo, Mark Webber e Michael Schumacher. Na relargada, Fernando Alonso passa Romain Grosjean. Lá atrás, Kamui Kobayashi acerta em cheio Felipe Massa. O japonês abandona. Alguns metros ali na frente, Sebastian Vettel abandona com problemas no câmbio. O alemão vinha na liderança da corrida. Vinha.

Fernando Alonso assume a liderança da corrida. Romain Grosjean tenta pressionar Alonso. Mas na volta 40, o câmbio do falso francês morre e ele abandona. Kimi Raikkonen tenta ultrapassar Lewis Hamilton que está mais lento, mas não consegue. E assim, Fernando Alonso abre para Lewis e Kimi. No final, Raikkonen faz a ultrapassagem sobre Hamilton.

Maldonado rapidamente chega em Lewis Hamilton. Tenta fazer a ultrapassagem, mas os dois acabam se tocando e batem. Hamilton abandona, mas Maldonado continua. Alonso vence a corrida e é saudado pela torcida. No pódio, ele chora. Depois da corrida, Pastor Maldonado é punido pelo acidente com Hamilton e perdeu a décima colocação e um ponto. Com isso, Bruno Senna conseguiu marcar um ponto.

Destaques positivos da corrida:

Fernando Alonso: Não adianta torcer contra esse filha da mãe! Por mais que você tente, se esforce, grite até perder a voz, o Don Fernando sempre vai estar lá na frente. Mas a vitória foi merecida. De forma brilhante, venceu pela primeira vez na pista.

Michael Schumacher: Finalmente. Depois de bater na trave ano passado no Canadá, finalmente ele conseguiu ir pro pódio. Passou a maior parte do tempo brigando com Mark Webber, mas por sorte ele foi pro pódio.

Vitaly Petrov: Com Heikki Kovalainen sendo acertado por Jean-Eric Vergne, coube ao russo liderar a esquadra das nanicas. Chegou a andar nos pontos, mas como é a Caterham, só terminou em décimo terceiro. Mesmo assim, surpreendeu.

Destaques negativos da corrida:

Kamui Kobayashi: Alguma coisa os brasileiros fizeram pro Koba Sam que ele não gostou. Acertou os dois brasileiros durante a corrida. E abandonou depois de acertar o Felipe Massa. Tsc tsc…

Jean-Éric Vergne: Apanhando feio pro Daniel Ricciardo nos treinos. Nas corridas, até anda melhor. Mas a batida ridícula que ele deu no Kovalainen…

Pastor Maldonado: Mais outros pontos jogados no lixo. São 28 segundo o José Inácio. Andou o fim de semana todo muito bem, até bater em Hamilton. Arrancou um ponto à fórceps, mas foi punido e Bruno Senna ficou com o seu ponto.

CLASSIFICAÇÃO FINAL DA CORRIDA:
Pos No Piloto Equipe Tempo V VL Grid Pts
1 5 Espanha Fernando Alonso Itália Ferrari 01:44:16.449 57 24 11 25
2 9 Finlândia Kimi Raikkonen Reino Unido Lotus +6.421 57 0 5 18
3 7 Alemanha Michael Schumacher Alemanha Mercedes +12.639 57 0 12 15
4 2 Austrália Mark Webber Áustria Red Bull +13.628 57 0 19 12
5 12 Alemanha Nico Hulkenberg Índia Force India +19.993 57 0 8 10
6 8 Alemanha Nico Rosberg Alemanha Mercedes +21.176 57 0 6 8
7 11 Reino Unido Paul di Resta Índia Force India +22.886 57 0 10 6
8 3 Reino Unido Jenson Button Reino Unido McLaren +24.653 57 0 9 4
9 15 México Sergio Perez Suíça Sauber +27.777 57 0 15 2
10 19 Brasil Bruno Senna Reino Unido Williams +35.961 57 0 14 1
11 16 Austrália Daniel Ricciardo Itália Toro Rosso +37.041 57 0 17 0
12 18 Venezuela Pastor Maldonado Reino Unido Williams +54.630 57 0 3 0
13 21 Rússia Vitaly Petrov Malásia Caterham +1:15.871 57 0 20 0
14 20 Finlândia Heikki Kovalainen Malásia Caterham +1:34.654 57 0 16 0
15 25 França Charles Pic Rússia Marussia +1:36.551 57 0 23 0
16 6 Brasil Felipe Massa Itália Ferrari +1 volta 56 0 13 0
17 22 Espanha Pedro de la Rosa Espanha HRT +1 volta 56 0 21 0
18 23 Índia Narain Karthikeyan Espanha HRT +1 volta 56 0 22 0
19 4 Reino Unido Lewis Hamilton Reino Unido McLaren Batida 55 0 2 0
NC 10 França Romain Grosjean Reino Unido Lotus Alternador 40 0 4 0
NC 1 Alemanha Sebastian Vettel Áustria Red Bull Alternador 33 33 1 0
NC 14 Japão Kamui Kobayashi Suíça Sauber Batida 33 0 7 0
NC 17 França Jean-Eric Vergne Itália Toro Rosso Batida 26 0 18 0
NP 24 Alemanha Timo Glock Rússia Marussia Infecção 0 0 24 0

CAMPEONATO:

PILOTOS:

Pos Piloto Equipe Pts
1 Espanha Fernando Alonso Ferrari 111
2 Austrália Mark Webber Red Bull 91
3 Reino Unido Lewis Hamilton McLaren 88
4 Alemanha Sebastian Vettel Red Bull 85
5 Alemanha Nico Rosberg Mercedes 75
6 Finlândia Kimi Raikkonen Lotus 73
7 França Romain Grosjean Lotus 53
8 Reino Unido Jenson Button McLaren 49
9 México Sergio Perez Sauber 39
10 Venezuela Pastor Maldonado Williams 29
11 Reino Unido Paul di Resta Force India 27
12 Japão Kamui Kobayashi Sauber 21
13 Alemanha Michael Schumacher Mercedes 17
14 Alemanha Nico Hulkenberg Force India 17
15 Brasil Bruno Senna Williams 16
16 Brasil Felipe Massa Ferrari 11
17 França Jean-Eric Vergne Toro Rosso 4
18 Austrália Daniel Ricciardo Toro Rosso 2
19 Finlândia Heikki Kovalainen Caterham 0
20 Rússia Vitaly Petrov Caterham 0
21 Alemanha Timo Glock Marussia 0
22 França Charles Pic Marussia 0
23 Índia Narain Karthikeyan HRT 0
24 Espanha Pedro de la Rosa HRT 0

EQUIPES:

Pos Equipe Motor Pts
1 Áustria Red Bull Renault 176
2 Reino Unido McLaren Mercedes 137
3 Reino Unido Lotus Renault 126
4 Itália Ferrari Ferrari 122
5 Alemanha Mercedes Mercedes 92
6 Suíça Sauber Ferrari 60
7 Reino Unido Williams Renault 45
8 Índia Force India Mercedes 44
9 Itália Toro Rosso Ferrari 6
10 Malásia Caterham Renault 0
11 Rússia Marussia Cosworth 0
12 Espanha HRT Cosworth 0
Opinião do Necrolino: A corrida foi boa. Deu um balde de água fria nos céticos que como eu, acreditavam que aquela tentativa de Mônaco ia sediar outra corrida tediosa. Fernando Alonso surpreendeu. Como não adianta torcer contra ele, eu me rendo. Os brasileiros vinham fazendo prova razoável, até serem acertados pelo Kobayashi. E o Hulkenberg não o Di Resta, nem o Di Resta o Hulkenberg, seu Galvão.

Anúncios