You are currently browsing the tag archive for the ‘monza’ tag.

Acredito que muitas pessoas nunca ouviram falar do oval de Monza. O oval foi construído em 1955 em uma reforma no autódromo de Monza, que por sua vez foi construído 1922. Essa reforma foi necessária pois o autódromo foi muito danificado na II Guerra Mundial.

Esse oval de Monza foi utilizado pela última vez em 1969 em uma corrida de protótipos. Já na Formula 1 esse circuito foi usado em 55, 56, 60 e 61. No dia da inauguração do oval, 11 de Setembro de 1955, foi constatado que as curvas, com incríveis 45º de inclinação, eram muito irregulares para as velocidades dos carros, que atingiam mais que 280 KM/h.

Essas irregularidades forçavam demais as suspensões dos carros e houve muita reclamação por parte dos pilotos. As curvas inclinadas de Monza foram retratadas no filme Grand Prix, de 1966. Hoje o circuito oval ainda existe porém está praticamente esquecido como pode se ver nessas fotos:

Construindo uma das curvas inclinadas do Oval de Monza

O primeiro GP de F1 no traçado de Monza que incluía a parte oval

O acidente fatal de Wolfgang von Trips

E o oval de Monza hoje

Uma pena

45 graus de inclinação. E AVUS só tinha 43 graus

Acho que só os corajosos iam se aventurar naquele oval

Uma pista tão legal e abandonada

Imagine se o Nurburgring Nordschleife fosse abandonado como o oval de Monza. Não posso sequer imaginar isso acontecendo. Uma pena.

No meu notebook tenho um jogo de F1 excelente chamado Grand Prix 3(não tenho uma grande variedade de jogos no meu PC).O jogo é da temporada de 1998 de F1.Eu estava bravo porque a minha internet foi embora sem dizer tchau(minha internet é cheia de problemas).Então resolvi jogar Counter-Strike.Depois resolvi jogar o GP3.

Escolhi como pista a tradicional Monza.Não é a versão atual,e sim aquela com aquele zigue-zague que se chamava Variante Rettifilo.Como piloto eu escolhi de forma patética o brasileiro Ricardo Rosset com um tão patético quanto Tyrrell.A dificuldade:Semiprofissional.

Era tipo assim o traçado onde estava correndo

Como tinha escolhido o modo Corrida Rápida,a corrida só ia durar 3 voltas e o Rosset-eu iria largar em sexto.Hakkinen iria largar na pole.Eu modifiquei o carro e usei o mínimo possível de asa.Na largada,o Rosset-eu ganhava quatro posições e pulava para segundo.Hakkinen fica lento na segunda virada da esquisita “chicane” .Eu não consigo fazer a ultrapassagem,então fico o empurrando.E consigo a ultrapassagem na ida para a Curva Grande.

Rosset-eu,Hakkinen e M.Schumacher.Essa era a ordem de posições depois da Curva Grande.Ralf Schumacher abandona na Variante Ascari com uma falha na transmissão.Ao final da primeira volta,Rosset-eu liderava com Hakkinen e M.Schumacher brigando pela segunda posição.PP Diniz sofre problemas elétricos logo antes da Parabolica,problemas consertados nos boxes.

Hakkinen e M.Schumacher começam a se aproximar de mim.No começo da volta 3(última volta),Hakkinen e M.Schumacher chegam de vez e conseguem a ultrapassagem na Variante de la Roggia,mas M.Schumacher acaba freando atrasado e acaba batendo em Hakkinen que acaba batendo para depois voltar.

M.Schumacher também não escapou.Ele ia voltando pra pista depois do toque,mas eu acabo o tocando por trás e M.Schumacher acaba batendo no guard-rail.Se você pensa que a concorrencia acabou,está profundamente errado.Coulthard e Irvine que estavam logo atrás de Hakkinen e Schummy,chegaram rapidamente em mim na Prima Curva di Lesmo.Mas já na Seconda Curva di Lesmo,Irvine sofre problemas elétricos e fica lento na pista.Coulthard tenta pegar o vácuo na Serraglio,mas não consegue.Na saída da Variante Ascari,Coulthard volta mais rápido,mas não consegue a ultrapassagem.

Na Parabolica,Rosset-eu continuava na frente com Coulthard colado,mas não tinha jeito.Eu conseguia a vitória tendo lutado contra Hakkinen,M.Schumacher,Irvine e Coulthard.

Para comemorar,parei o carro no final da reta dos boxes e fiquei dando uns zerinhos lá.Parei o carro para dar outros zerinhos,mas só que na outra direção.Mas quando fui dar os outros zerinhos,deu uma pane no motor.Problemas assim também acontessem nos games.

Pos   Piloto Equipe Tempo Voltas  
1   Ricardo Rosset-eu Tyrrel-Ford 4min42.797s 3  
2   David Coulthard McLaren-Mercedes +0.578s 3  
3   Jacques Villeneuve Williams-Mecachrome +1.890s 3  
4   Johny Herbert Sauber-Petronas +2.953s 3  
5   Alexander Wurz Benetton-Playlife +3.687s 3  
6   Heinz-Harald Frentzen Williams-Mecachrome +4.873s 3  
7   Jean Alesi Sauber-Petronas +5.152s 3  
8   Eddie Irvine Ferrari +5.565s 3  
9   Damon Hill Jordan-Mugen Honda +6.764s 3  
10   Giancarlo Fisichella Benetton-Playlife +7.727s 3  
11   Olivier Panis Prost-Peugeot +10.006s 3  
12   Toranosuke Takagi Tyrrell-Ford +10.524s 3  
13   Rubens Barrichello Stewart-Ford +12.230s 3  
14   Mika Salo Arrows +12.284s 3  
15   Jos Verstappen Stewart-Ford +13.653s 3  
16   Esteban Tuero Minardi-Ford +15.926s 3  
17   Shinji Nakano Minardi-Ford +18.541s 3  
18   Mika Hakkinen McLaren-Mercedes +20.675s 3  
19   Pedro Paulo Diniz Arrows +52.483s 3  
20   Michael Schumacher Ferrari +1min31.633s 3  
NC   Jarno Trulli Prost-Peugeot Vazamento de óleo 2  
NC   Ralf Schumacher Jordan-Mugen Honda Falha na transmissão 0

MELHORES VOLTAS

Pos Piloto Equipe Volta
1 Michael Schumacher Ferrari 1.29.711
2 Eddie Irvine Ferrari 1.29.820
3 Jacques Villeneuve Williams-Mecachrome 1.30.302
8 Ricardo Rosset-eu Tyrrell-Ford 1.30.865
13 Toranosuke Takagi Tyrrell-Ford 1.31.314
15 Rubens Barrichello Stewart-Ford 1.32.028
   22 Pedro Paulo Diniz     Arrows                      1.45.350

Botei o Takagi porque ele era meu companheiro de equipe e venci na batalha interna.

A melhor corrida de videogame da minha vida.

CORRIDA:Na largada,Liuzzi perde o controle antes da curva 1 e acaba fazendo um strike em Vitaly Petrov.Rosberg também foi strikeado e teve que abandonar junto com o Viborg da Rússia.Barrichello também foi envolvido,parece que a suspensão não ficou danificada,mas a asa está preste a sair,por sorte ele pode continuar na corrida(falando do jeitinho que o narrador do meu jogo de PlayStation,F1 2006,diz).Safety-Car na pista.Já com bandeira verde,mais outros se acidentaram,eram Felipe Massa e Mark Webber,Webber tocou na traseira de Massa e ficou com a asa dianteira quebrada e abandonou,Massa rodou,mas continuou na corrida.

Alonso estava na liderança desde a primeira volta,e Vettel não ia deixar tão fácil e conseguiu a ultrapassagem na Curva di Lesmo.Hamilton e M.Schumacher brigavam pela terceira posição,até que Hamilton consegue a ultrapassagem,mas logo leva o “X” .Button chegou na dupla e conseguiu a ultrapassagem facinho.Hamilton não conseguia a ultrapassagem de jeito nenhum,até mandou os dirigentes dar uma punição para Schumacher,pois o alemão tinha o fechado perigosamente na Curva Grande.Na volta 27,Hamilton enfim conseguiu a ultrapassagem.

 No final da corrida,B.Senna colou em Buemi e conseguiu uma belissíssissima ultrapassagem na Variante Retfillio,ele freou lá pro Deus me livre,puxou o carro,se defendeu e foi embora.

Vettel venceu o GP da Itália de 2011,Button ficou em segundo e Alonso ficou em terceiro.Massa ficou em sexto,B.Senna ficou em nono e Barrichello em décimo segundo,na frente só das nanicas.

CLASSIFICAÇÃO FINAL DA CORRIDA:

1º. Sebastian Vettel (ALE/Red Bull-Renault), 53 voltas
2º. Jenson Button (ING/McLaren-Mercedes), a 9s5
3º. Fernando Alonso (ESP/Ferrari), a 16s9
4º. Lewis Hamilton (ING/McLaren-Mercedes), a 17s4
5º. Michael Schumacher (ALE/Mercedes), a 32s6
6º. Felipe Massa (BRA/Ferrari), a 42s9
7º. Jaime Alguersuari (ESP/Toro Rosso-Ferrari), a 1 volta
8º. Paul di Resta (ESC/Force India-Mercedes), a 1 volta
9º. Bruno Senna (BRA/Lotus Renault), a 1 volta
10º. Sebastien Buemi (SUI/Toro Rosso-Ferrari), a 1 volta
11º. Pastor Maldonado (VEN/Williams-Cosworth), a 1 volta
12º. Rubens Barrichello (BRA/Williams-Cosworth), a 1 volta
13º. Heikki Kovalainen (FIN/Team Lotus-Renault), a 2 voltas
14º. Jarno Trulli (ITA/Team Lotus-Renault), a 2 voltas
15º. Timo Glock (ALE/Marussia Virgin-Cosworth), a 2 voltas

16.Daniel Ricciardo (AUS/Hispania-Cosworth),a 14 voltas(ele bateu no multi-acidente causada por Liuzzi,mas a equipe consertou o carro e ele voltou pra corrida)

ABANDONARAM:

Sergio Pérez (MEX/Sauber-Ferrari)
Kamui Kobayashi (JAP/Sauber-Ferrari)
Adrian Sutil (ALE/Force India-Mercedes)
Mark Webber (AUS/Red Bull-Renault)
Jérôme D’Ambrosio (BEL/Marussia Virgin-Cosworth)
Vitaly Petrov (RUS/Lotus Renault)
Nico Rosberg (ALE/Mercedes)
Vitantonio Liuzzi (ITA/Hispania-Cosworth)

Destaque da corrida:Acidente da largada,rapaz eu adoro um acidente e ele veio na largada com Liuzzi jogando boliche e fazendo um strike,ótima jogada Liuzzi.

Ponto morto da corrida:Felipe Massa,de novo ele não fez nada na corrida.Apenas ficou olhando Alonso no pódio.

CLASSIFICAÇÃO DO MUNDIAL:

Pilotos:

País Piloto Pos. Pontos
Alemanha Sebastian Vettel 284
Espanha Fernando Alonso 172
Austrália Mark Webber 167
Inglaterra Jenson Button 167
Inglaterra Lewis Hamilton 158
Brasil Felipe Massa 80
Alemanha Nico Rosberg 56
Alemanha Michael Schumacher 52
Rússia Vitaly Petrov 34
Alemanha Nick Heidfeld 10º 34
Japão Kamui Kobayashi 11º 27
Alemanha Adrian Sutil 12º 24
Espanha Jaime Alguersuari 13º 16
Suíça Sébastien Buemi 14º 13
Escócia Paul di Resta 15º 12
México Sergio Pérez 16º 8
Brasil Rubens Barrichello 17º 4
Brasil Bruno Senna 18º 2
Venezuela Pastor Maldonado 19º 1
Itália Jarno Trulli 20º 0
Índia Karun Chandhok 21º 0
Espanha Pedro de la Rosa 22º 0
Alemanha Timo Glock 23º 0
Índia Narain Karthikeyan 24º 0
Finlândia Heikki Kovalainen 25º 0
Austrália Daniel Ricciardo 26º 0
Bélgica Jérome D’Ambrosio 27º 0
Itália Vitantonio Liuzzi 28º 0

Equipes:

País Equipe Pos. Pontos
Áustria Red Bull Racing 451
Inglaterra McLaren 325
Itália Ferrari 252
Alemanha Mercedes 108
Inglaterra Lotus Renault 70
Índia Force India 36
Suíça Sauber 35
Itália Toro Rosso 29
Inglaterra Williams 5
Malásia Lotus                10º   0           
Espanha Hispania            11º   0           
Rússia Marussia Virgin  12º   0           

 

 

Largada com Alonso na frente logo na primeira curva

Aí começa o strike mágico de Liuzzi

Momento do acidente no telão

 STRIKE!!!
 
 

 Confusão geral na largada
Toque de Webber em Massa
 
 
Vai fazer a Parabolica sem asa de novo,Webber
 
Vettel já pode ser campeão em Cingapura
 
 
Essa é a magia de Monza
 
 Abaixo um vídeo do strike de Liuzzi na largada. 

 

Agora vem um vídeo onboard no acidente de Webber na Parabolica.
 

Nesse final de semana vamos ter o GP da Itália de 2011.Abaixo veremos algumas curiosidades sobre isso.

-Michael Schumacher é o maior vencedor do GP da Itália,vencendo as etapas de 1996,1998,2000,2003 e 2006.

-Apesar do circuito ser italiano,apenas Alberto Ascari,Giuseppe Farina e Ludovico Scarfiotti venceram num GP da Itália realizado para o campeonato de F1.Ascari venceu nas etapas de 1951 e 1952,Giuseppe venceu em 1950 e Scarfiotti venceu a edição de 1966.

-A Ferrari domina na Itália.Ela já levou 18 etapas de F1.

-O maior vencedor brasileiro do GP da Itália é Nelson Piquet.Ele venceu as etapas de 1980,1983,1986 e 1987.

-Jarno Trulli e Vitantonio Liuzzi serão os pilotos da casa,mas estão com carros de equipes pequenas,então os italianos torcerão pela Ferrari nesse final de semana.

-O Reino Unido já venceu 16 etapas do GP da Itália,mas a terra da rainha não vence o GP da Itália desde 1997.

-O primeiro GP da Itália aconteceu em 1921 no circuito de rua de Brescia.O vencedor foi Jules Goux com um Ballot.

-Além de Monza,os circuitos de Brescia,Livorno,Valentino Park e Imola já sediaram um GP da Itália.

-A volta mais rápida já realizada numa corrida de F1 na Itália foi feita por Rubens Barrichello em 2004.Barrichello corria pela Ferrari e fez o tempo de 1.21.046 .

-A volta mais rápida já realizada por um pole position foi feita por Rubens Barrichello em 2004.O tempo foi de 1.20.089 .

Acima um vídeo onboard de Fernando Alonso num Ferrari F10 no circuito de Monza.

 

Sem assunto mais uma vez,vai as dez pistas mais perigosas do mundo.

10-AVUS

Numero de mortes:desconhecido.

Acidente famoso:O acidente de Richard von Frankenberg no famoso curvão de 43 graus de elevação.O carro dele voou e caiu lá pra fora da pista.Morte na hora.

Onde está o perigo:O curvão arredondado de 43 graus de elevação.

9-FUJI ANTIGO

TRAÇADO

Numero de mortes:desconhecido

Acidente famoso:Gilles Villeneuve e Ronnie Peterson acabaram se acidentando e causando duas mortes de dois espectadores.

Onde está o perigo:A curva Daiichi,uma curva enorme onde qualquer erro pode ser fatal.

8-SPA-FRANCORCHAMPS

 

 

Mortes: 23 (pilotos).

 

Acidente famoso: na vigésima volta do grande prêmio da Bélgica em 1960, Chris Bristow tentava manter seu Cooper à frente da Ferrari de Willy Mairesse. Ele capotou seu carro na curva Burnenville, morrendo decapitado. Stirling Moss fraturou ambas as pernas e diversas costelas no mesmo local um dia antes.

 

Onde está o perigo: a curva Eau Rouge de Spa é uma das mais amadas do automobilismo, mas também é parte de uma das pistas mais perigosas. Construída originalmente em 1924, a pista atual pouco se parece com o traçado original. Desde sua inauguração, 23 pilotos lá perderam suas vidas.

7-LE MANS

TRAÇADO

Mortes: 24 (pilotos).

Acidente famoso: Le Mans é o local do pior acidente automobilístico até hoje, ocorrido em 1955, matando entre 80 e 100 espectadores e ferindo outros 120, além do piloto Pierre Levegh. Como resultado, todas as formas de corridas foram banidas em vários países europeus até que as pistas ficassem mais seguras. Apesar da maioria dos países terem derrubado suas proibições, as corridas ainda estão banidas da Suíça (apesar de uma das câmaras do parlamento ter aprovado o fim da proibição).

Onde está o perigo: disputado desde 1923, as 24 Horas de Le Mans é um dos eventos automobilísticos mais glamourosos do mundo. O circuito tem uma reta de quase 6 km, na qual os carros atingiam velocidades de até 400 km/h – essa reta, a Mulsanne, foi dividida com duas chicanes a partir de 1990. Até hoje, o Circuit de La Sarthe foi o local da morte de 24 pilotos.

6-DAYTONA

TRAÇADO

Mortes: 28 (pilotos).

Acidente famoso: a morte de Dale Earnhardt na última volta das 500 milhas de Daytona em 2001 é uma das mais lendárias. Em busca de sua segunda vitória na prova, Earnhardt atingiu o muro a cerca de 250 km/h, morrendo na hora. O dia ficou conhecido como Domingo Negro pela imprensa esportiva, título que permanece até hoje.

Onde está o perigo: segundo o Orlando Sentinel, desde sua inauguração em 1959, 28 pilotos morreram no Daytona International Speedway. A inclinação da pista é de 31 graus nas curvas e 18 graus na reta principal.

5-MONZA

Monza

TRAÇADO

Mortes: 42.

Acidente famoso: o acidente fatal de Wolfgang Von Trips em 1961 em sua Ferrari 156 Sharknose pôs fim aos carros da F1 no setor do traçado oval da pista, e às esperanças de Von Trips vencer o mundial de pilotos, quando precisava apenas de um terceiro lugar em uma das duas provas finais.

Onde está o perigo: inaugurado em 1922, Monza é uma das pistas mais antigas desta lista. Em sua configuração original, além da parte oval, a pista se cruzava – com a parte inclinada do oval sobre um viaduto. Atualmente, algumas das velocidades mais altas da Fórmula 1 são atingidas em Monza.

4-INDIANAPOLIS

Indianápolis

TRAÇADO

Mortes: 42.

Acidente famoso:No dia 28 de maio de 1995,Stan Fox sofreu um dos acidentes mais violentos da história da Indy 500 e do automobilismo norte-americano, logo na primeira volta. Seu carro se envolveu em uma batida juntamente com Lyn St. James,Eric Bachelart,Gil de Ferran,Carlos Guerrero e Eddie Cheever,acertando com extrema violência o muro da curva 1. O impacto foi tão forte que os pés de Fox ficaram expostos na frente do carro. Apesar disso, ele sobreviveu, e preferiu não continuar correndo profissionalmente, aos 42 anos de idade.

Onde está o perigo: Mike Conway por pouco não entrou na lista de fatalidades de Indianápolis, durante as 500 milhas deste ano. Desde sua construção em 1909, levou a vida de 42 competidores, a mais recente em 2003, com a morte de Tony Renna durante uma sessão de testes de pneus.

3-O rali Paris-Dakar

Paris Dakar Crash Photo

TRAÇADO

Mortes: 45.

Acidente famoso: Pascal Terry morreu no percurso de 2009 na Argentina após ficar sem combustível. Um erro de comunicação dos organizadores o confundiu com seu irmão, assim as buscas começaram três dias depois, quando já era tarde demais.

Onde está o perigo: disputado entre Paris e Dakar no Senegal desde 1979, o Rali Dakar põe pilotos e navegadores nos terrenos mais inóspitos do planeta. Desde o ano passado, o rali passou a ser organizado aqui na América do Sul por questões de segurança. No total, 45 competidores perderam a vida na prova, sem contar os espectadores.

2-NURBURGRING NORDSCHLEIFE

TRAÇADO

Mortes: 52.

Acidente famoso: em 1976 Niki Lauda quase morreu após um acidente no traçado com sua Ferrari, recebeu a extrema unção, mas voltou às pistas duas corridas depois, na Itália.

Onde está o perigo: chamada de “The Green Hell” (o inferno verde) por Sir Jackie Stewart, desde sua construção na década de 1920, o Nordschleife (o anel norte) levou a vida de 52 pilotos, o último deles Leo Lowenstein em abril desse ano, com um Aston Martin V8 Vantage.

1-ISLE OF MAN TT

TRAÇADO

Mortes: 227.

Onde está o perigo um lugar onde motos alcançam os 290 km/h em estradinhas de pista simples, é até surpreendente que o número de mortes não seja maior em seus 103 anos de história. De longe, a campeã de nossa lista.

 

Tuíter

Erro: o Twitter não respondeu. Por favor, aguarde alguns minutos e atualize esta página.

Calendário

junho 2017
D S T Q Q S S
« maio    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
252627282930  

Enter your email address to subscribe to this blog and receive notifications of new posts by email.

Junte-se a 18 outros seguidores